Infelizmente mais um estupro coletivo com a participação de adolescentes aconteceu e desta vez a vítima é do estado de Roraima. O #Crime aconteceu na capital do estado em Boa vista.

Entenda o caso

Segundo informações da polícia, a jovem de 13 anos foi encontrada deitada e desacordada no meio da pista da RR-205 por uma senhora que passava no local e acionou a polícia. 

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Eliane Gonçalves, as investigações dão conta de que a jovem estava em um açude com mais cinco adolescentes, que todos estavam fazendo uso de bebida alcoólica, inclusive a vítima. Segundo um adolescente de 15 anos, depois que a garota ficou bêbada começou "a se oferecer" para eles, foi então que segundo ele, quatro dos cinco jovens que estavam no local mantiveram relações com ela, porém consentida.

Publicidade
Publicidade

Um jovem de 17 anos que também estava com o grupo não participou do estupro. O crime aconteceu na cidade de Boa Vista, no bairro Cidade Satélite. A polícia já ouviu dois adolescentes que participaram do crime, porém eles foram liberados. Outros três estão sendo procurados para prestar depoimento.

Ainda segundo informações da polícia, outras pessoas que estavam no local retiraram a menina de perto dos seus abusadores e a levaram até as margens da rodovia. Ela teria saído correndo e acabou deitada no meio da pista, onde ficou desacordada.

Uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi enviada para atender a garota, e segundo relatos dos socorristas ela estava tão embriagada que não conseguia falar sequer qual era seu nome. A jovem foi levada para um pronto socorro de Boa vista.

Publicidade

A polícia foi até o local onde os adolescentes estavam e receberam maiores informações sobre o ocorrido, assim chegaram até o rapaz de 15 anos que confessou ter participado do abuso e do 17 anos que negou participação no estupro.

A adolescente passa bem

De acordo com as informações do Hospital Geral de Boa Vista, a garota passa bem e está aguardando apenas a chegada dos seus familiares para receber alta da unidade.

A polícia aguarda a saída da menor do hospital para colher seu depoimento. #Justiça