Daqui a exatos 365 dias o Brasil vai receber as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. A competição que vai envolver dezenas de países em prol de medalhas de ouro, prata e bronze em modalidades como a natação e o salto à distância será tão importante quanto a Copa do Mundo, que ocorreu no ano passado.

Durante sua fala na cerimônia que marca um ano para o começo das Olimpíadas de 2016, a presidente da república, Dilma Rouseff (#PT), frisou que o Rio de Janeiro sediará a competição de braços abertos. Ela completou dizendo que a cidade é cenário mais lindo depois da Grécia Antiga, onde os jogos começaram.

"Esperamos vocês de coração e braços abertos”, destacou a presidente Dilma Rousseff.

Publicidade
Publicidade

Dilma ficou ao lado do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach. Também estiveram presentes o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, Carlos Arthur Nuzman. Artistas como Zeca Pagodinho e Diogo Nogueira, que encerraram a cerimônia ao som da boa e velha música brasileira.

Presidente promete cumprir metas

Ainda com obras não-concluídas, diversos cariocas reclamam dos transtornos que a instalação de infraestrutura para abrir os Jogos Olímpicos tem trazido para a capital fluminense. Muitos consideram a decisão equivocada e que o Brasil não deveria aceitar sediar a Olimpíada por aqui. É o que diz Flávio Rogério Silveira, engenheiro, pelo Facebook.

"Não temos condições sociais e econômicas de realizar tantas obras, ainda mais em um momento em que o país vive uma crise econômica.

Publicidade

Dilma quer nos afundar de vez", protestou.

A presidente, disse ainda em seu discurso, que contraria esse ponto de vista. Ela pensa positivamente e confia em sua experiência. Dilma declarou que tem experiência e que o país irá ver um sucesso nas Olimpíadas semelhante ao da Copa do Mundo de 2014, que mobilizou milhões de brasileiros para ir aos estádios ou acompanhar jogo a jogo. Além disso, a presidente destacou que a cidade está preparada para encantar o resto do mundo e surpreender as nações.

A Olimpíada de 2016 mobilizará 10 mil atletas, além das delegações, que ficarão hospedados na Cidade Olímpica, complexo que está sendo construído no município carioca. O último evento aconteceu em Londres, no Reino Unido.

O evento de celebração que antecede exatos um ano de início das Olimpíadas ocorreu na Cidade das Artes, complexo cultural da Barrada da Tijuca. As federações da Grécia, Rússia, Japão, China e Coréia do Sul marcaram presença no evento também.

  #Dilma Rousseff #Rio2016