Após os protestos que agitaram o final de semana em várias cidades brasileiras, o dólar oscilou entre quedas e avanços durante esta segunda-feira, dia 17. A moeda americana se manteve estável, sendo fechada a 3,482, uma leve queda de 0,02%. No entanto, a moeda estrangeira já acumula uma alta de 1,71% neste mês de agosto e de 31,01% no ano de 2015.

Durante o dia, a moeda chegou a ultrapassar a barreira dos R$ 3,50, voltando a abaixar posteriormente. A subida foi reflexo de uma expectativa na alta dos juros dos Estados Unidos.

Principal índice da Bovespa, a Bolsa de Valores de São Paulo, o Ibovespa registrou seu quinto dia de queda consecutiva, com queda 0,61% e 47.217,43 pontos.

Publicidade
Publicidade

É a menor pontuação da Bolsa brasileira desde 30 de janeiro, quando a Bovespa registrou 46.907,68 pontos.

O índice foi influenciado por quedas nas ações de empresas como a Petrobras, que caiu 1,94% e foi negociada a R$ 9,12; do Itaú Unibanco, com queda de 1,05% e ações a R$ 26,39; JBS, com queda 4,84%, fechando a R$ 14,34; e Oi, com queda de 9,91%, a R$ 3. #Finança #Crise econômica #Blasting News Brasil