Um caso triste de maus tratos aos #Animais foi registrado no estado baiano. Uma moradora do bairro de São Cristóvão encontrou com cachorro agonizando de dor no último dia 20 de agosto. Com pena pelo sofrimento do animal, acionou a ONG (Organização Não Governamental) Terra Verde Viva, que prontamente levou o cão para uma clínica veterinária, pois acreditavam se tratar de um atropelamento.

Após ser examinado pelo veterinário, os médicos chegaram a conclusão que o cão havia sido violentado. O veterinário responsável pelo caso do cãozinho, que ganhou o nome de Cristóvão na clínica, informou que o animal parecia ter tido os ossos “destroçados” em decorrência da #Violência que o pequeno viveu.

Publicidade
Publicidade

O cachorro passou por uma cirurgia de emergência e estava muito debilitado. Além disso, estava visivelmente traumatizado e não se movia, precisando usar fraldas. Quando internado, os médicos identificaram no cão foco de infecção e sangramento na sua bexiga, provavelmente por ter ferido órgãos internos no ato do estupro. Os veterinários acreditavam que apesar da gravidade do caso do cão, ele estava melhorando lentamente.

Isso até ontem, dia 1 de setembro, quando o animal precisou passar por uma cirurgia. Durante o pós-operatório o cão não resistiu e veio a óbito. Casos como esse da Bahia dão mais forças para projetos que estão em tramitação em assembleias legislativas no Brasil, no caso de municípios, e na Câmara dos Deputados, buscando criar mais politicas de proteção animal, bem como inserir no ordenamento jurídico penas mais rígidas para quem cometer maus tratos, agravando-se no caso de óbito do animal.

Publicidade

O deputado Feliciano Filho possui vários projetos do gênero aguardando discussão.

Protetores dos animais lamentaram a morte do cão, principalmente por ele ter passado por uma situação tão horrível, como o estupro. O caso foi noticiado na imprensa local e nas redes sociais, bem como pela filiada da TV Record da Bahia, ganhando repercussão junto aos que lutam pelos direitos dos animais no Brasil. #Cães