A Anistia Internacional divulgou um relatório sobre a #Violência nesta segunda-feira, 07 de setembro. Os números impressionam e de forma muito negativa. A polícia do Brasil é a que mais mata no mundo. Já a polícia dos Estados Unidos é considerada uma das três polícias mais violentas no globo. Os números são trágicos e no Brasil o número de mortes pode ser comparado a países que estão em conflitos e em guerras.

Segundo a Globo News, o Brasil aparece no relatório com o maior número de homicídios no mundo inteiro. No ano de 2012, foram ao todo 56 mil assassinatos. E já no ano passado, 2014, 15,6% dos homicídios foram praticados por policiais.

Publicidade
Publicidade

A Anistia Internacional fez o acompanhamento de 220 casos de mortes por policiais no Brasil desde o ano de 2011. Nesse período, apenas um policial foi acusado na Justiça. Assim como nos Estados Unidos, a maioria das pessoas mortas por policiais é homem e negro. No Rio de Janeiro, 99,5% eram homens e cerca de 80% eram negros. A principal faixa etária das mortes é de 15 a 29 anos.

Mortes no Brasil

Em 2012, foram 56.337 mortes no Brasil, o maior número desde o ano de 1980. O total de mortes superou o de vítimas no conflito da Chechênia, que durou dois anos, de 1994 a 1996.

O índice é considerado epidêmico pela Organização Mundial da Saúde. O Brasil possui uma taxa de homicídios de 29 casos por 100 mil habitantes. Um número assustador. A maioria dos casos é registrados em grandes cidades. Os estados com mais mortes por assassinatos são: Alagoas (63,3 casos por 100 mil habitantes), Espírito Santo (47,3), Ceará (44,6), Goiás (44,3), Bahia (41,9), Sergipe (41,8), Pará (41,7) e Paraíba com 40,1 homicídios por 100 mil habitantes.

Publicidade

O estados mais tranquilos são Santa Catarina com 12,8 e São Paulo com 15,1. No Brasil a cada dez minutos uma pessoa é assassinada, segundo o Jornal El País. Na América Latina, os países mais violentos e perigosos são Honduras e a Venezuela, que vive uma ditadura. Na Venezuela, quem é contra o governo chavista corre sério risco de morte. A taxa de homicídios é de 53,7 por 100 mil habitantes (dados de 2013).

Leia mais:

Brasil está oficialmente em recessão: PIB cai 1,9% no segundo trimestre

Gabriel García Marquez foi espionado pelo FBI por mais de 20 anos

Igualdade: mulheres começarão a votar na Arábia Saudita

França vai bombardear o Estado Islâmico na Síria #Organização Mundial de Saúde #Casos de polícia