Na noite desta quarta-feira (16), um homem de 54 anos quase foi morto em um assalto na cidade de Uruaçú, região norte de Goiás. Ele só não sabia que a ação criminosa foi arquitetada por sua enteada, uma adolescente de 15 anos. A jovem pediu ao namorado que a ajudasse a matar o padrasto dela.

O namorado, que era usuário de drogas e tinha passagem pela polícia por tráfico, chamou mais três amigos e planejaram o assalto. No entanto, a ação criminosa não deu certo. A mãe da adolescente conseguiu chamar a polícia e, na troca de tiros, o namorado da jovem morreu. A adolescente foi presa junto com os outros menores. O padrasto e a #Família da jovem passam bem.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o delegado Natalício Cardoso da Silva, responsável pela elucidação do caso, a adolescente não gostava do padrasto e tinha problemas sérios de convivência com ele. A jovem é usuária de drogas, namorava com um rapaz de 19 anos, que também era usuário, e tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

Segundo o delegado Natalício, ele ficou estarrecido com o comportamento da jovem. "O que mais me chamou a atenção foi a frieza dela. Ela fica sorrindo o tempo todo. A atitude dela é de quem sabia o que estava fazendo e queria aquele resultado", afirma.

A polícia também disse como ocorreu os fatos, a jovem combinou que o assalto fosse na casa dela, à noite. Então, ela foi até o portão de entrada, por volta das 23 horas, esse foi o sinal combinado com o namorado. Nesse momento, os bandidos, que já estavam aguardando do lado de fora da casa, começaram o assalto, entrando na casa com a jovem rendida, fazendo toda a família de refém.

Publicidade

Ainda segundo a polícia, um dos bandidos levou a mãe, a jovem e sua irmã de 10 anos para o banheiro do quarto, mas não viu que a mãe estava com um celular. O padrasto ficou nas mão dos bandidos. Ele teve a cabeça coberta para não reconhecer o namorado da jovem. Os bandidos o agrediram muito e ainda tentaram enforcá-lo no banheiro. A mãe, que estava com o celular, conseguiu chamar a polícia, que chegou rápido e conseguiu impedir a morte do padrasto.

A jovem, vendo a ação da mãe, ainda tentou avisar os bandidos por meio de códigos. Houve troca de tiros, o namorado da jovem foi baleado e morreu. Os outros menores se entregaram. No depoimento deles, foi dito que a menina estava envolvida e ela foi presa também. 

A polícia segue na investigação para maiores esclarecimentos. #Blasting News Brasil #Casos de polícia