Fotos e vídeos postados nas redes sociais mostram a movimentação de mísseis venezuelanos a leste da Venezuela, rumo à fronteira com Brasil e Guiana.

Os equipamentos, de fabricação russa, assemelham-se ao modelo 5V24 que é disparado pelo sistema S-125. São mísseis supersônicos terra-ar que viajam a 3 vezes a velocidade do som. É um modelo de menor alcance, mas muito eficiente para alvos de alta manobrabilidade como mísseis e caças. O modelo tem ainda a capacidade de não ser enganado por contra-medidas eletrônicas.

Desconfiança

Setores brasileiros preocupados com o "bolivarianismo" enxergam a Venezuela com desconfiança. O sentimento não é infundado.

Publicidade
Publicidade

Em vários discursos, Nicolás Maduro mostra aguardar uma guinada à esquerda ainda mais radical por parte de Dilma Roussef com intuito de consolidar a "Pátria Grande", uma união sul-americana socialista de escopo econômico, político e militar. No mundo jurídico e institucional, a Pátria Grande é coordenada pela Unasur, cuja existência e propósitos nunca foram abertamente discutidos com a população brasileira.

Tais discursos contaram ainda com a presença de João Pedro Stédile, líder do MST (Movimento do Trabalhadores Sem Terra). Juntos fizeram ameaças à soberania brasileira, caso Dilma sofra impeachment.

Colômbia

No final de agosto, quando Maduro decretou estado de exceção em 5 cidades, o governo venezuelano expulsou pouco mais 1.500 colombianos que viviam em seu território. Outros 20.000 colombianos deixaram a Venezuela temendo ações semelhantes. A fronteira foi fechada. 

Colômbia e Venezuela tem protagonizado grande tensão em suas fronteiras.

Publicidade

No último dia 18, um caça venezuelano Sukoi-30 caiu na fronteira colombiana, matando 2 militares venezuelanos. Na mesma época, colombianos denunciavam a incursão de militares venezuelanos em seu território.

Outros artigos:

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/07/conheca-os-principais-pontos-do-acordo-nuclear-com-o-ira-00481011.html

http://pt.blastingnews.com/internacional/2015/03/venezuela-prepara-se-para-eventual-ameaca-dos-eua-00306801.html  #Refugiados #Guerra Civil