Dentre os milhares de refugiados que se encontram no Brasil, quem ganhou destaque essa semana na imprensa foi Talal Al-tinawi, um engenheiro mecânico que veio para o Brasil por causa da guerra em seu país, a Síria.

Talal Al-tinawi vive com a esposa e seus três filhos em São Paulo. Desde que chegou ao país, tenta validar seu diploma de engenheiro, mas não tem obtido êxito. Por conta disso, mesmo possuindo conhecimento e experiência, Talal não pode exercer sua profissão no Brasil e ganhar seu próprio dinheiro. Esse problema fez com que ele descobrisse um novo dom: a arte de cozinhar.

Pode-se dizer que Talal foi descoberto depois de dar um jantar para alguns voluntários brasileiros no aniversário de sua filha.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, um dos presentes sugeriu que ele fizesse aqueles pratos para vender, pois brasileiros gostam muito de comida árabe e ele cozinhava muito bem.

Com a ideia, Talal obteve ajuda de alguns brasileiros para começar seu negócio. Criou uma página no Facebook com o nome de “Talal Comida Síria” e através do Whatsapp (11 96622-1305) recebia pedidos de pratos árabes, que eram e são, todos feitos com a ajuda da família em seu apartamento. Talal começou a adquirir uma clientela consolidada e além de vender os pratos em sua residência, começou a participar de eventos gastronômicos sobre a #Culinária típica da Síria.

Entretanto, o negócio cresceu e para facilitar a vida Talal, bem como de seus clientes que buscam os pedidos em seu apartamento, ele deseja realizar o sonho de abrir um restaurante e ganhar dinheiro para mudar a sua situação no Brasil.

Publicidade

Para conseguir capital suficiente para alugar um espaço bem localizado e comprar todos os itens necessários para seu restaurante, ele definiu que precisa de R$60 mil. E para consegui-los, criou uma campanha online de doações no site de financiamento coletivo chamado Kickante, sob o nome de Restaurante Talal Cozinha Siria

O prazo do site para chegar a sua meta é até segunda-feira, 21 de setembro. Caso ele consiga, promete dar almoço grátis para os doadores, bem como cupons de descontos e festas. Até o fechamento dessa reportagem, Talal já tinha arrecadado cerca de R$44.283, 99, faltando menos de R$16 mil para completar a meta.

Veja abaixo um vídeo onde Talal fala um pouco sobre o seu sonho de abrir um restaurante no Brasil para recomeçar a sua vida.

#Refugiados #Guerra Civil