A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nessa quarta-feira, 9 de setembro, o projeto de lei que proíbe o serviço do aplicativo Uber na cidade. Após muitas polêmicas e manifestações, os taxistas finalmente venceram a guerra em São Paulo. A votação na Câmara dos Vereadores foi muito tumultuada e teve muitos taxistas presentes. A sessão durou cinco horas e o resultado final foram 43 votos a favor e 5 votos contra.

Nos últimos momentos da votação o prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) apresentou uma emenda para acalmar os ânimos e disse que vai tentar regulamentar o serviço do aplicativo Uber no futuro. Mas ainda não se sabe quando.

Publicidade
Publicidade

A emenda também apresentou novas formas de avaliar os taxistas e multar os que forem ruins.

Os protestos dos taxistas aconteceram durante toda a quarta-feira. Os táxis da cidade bloquearam as ruas próximas a Câmara. Segundo a Polícia Militar cerca de 5 mil taxistas participaram da ação. 

O Sindicato dos Taxistas (Sinditaxi) se uniram pra valer nas ações contra o app Uber. O presidente do sindicato, Natalício Bezerra, acompanhou toda sessão em uma cadeira exclusiva dos vereadores. A pressão foi muito grande em cima dos vereadores. No final, com a vitória dos taxistas, ele estenderam uma faixa agradecendo o vereador Adilson Amadeu (PTB) que foi o autor do projeto.

Os aplicativos EasyTaxi e 99 Táxis poderão continuar a funcionar na capital paulista. Já o Uber está proibido.

Como forma de melhorar o atendimento dos taxistas, agora, os táxis terão uma espécie de questionário para avaliar as atitudes do motorista, do carro e da qualidade do serviço prestado.

Publicidade

Se os resultados forem negativos, pode haver multa e a cassação do alvará do táxi. Resta saber quem irá fiscalizar essas avaliações.

Como funciona o Uber

O app Uber conecta motoristas executivos aos usuários que estiverem mais próximos. Os motoristas passam por análise de antecedentes criminais e devem ter seguro do carro e do passageiro. Todos os carros devem ser pretos, ter ar condicionado e fornecer água e balas de forma gratuita. O condutor também deve abrir e fechar a porta para o passageiro.

Mais notícias:

Crise: Brasil perde grau de investimento

Mercado prevê aumento maior da inflação e queda do PIB poderá chegar a -2,44%

Crise no governo: Ministro Joaquim Levy estaria se preparando para deixar o cargo #Governo #Manifestação #Blasting News Brasil