Assim como o “Book Rosa”, hoje conhecido por muitos devido revelações da novela 'Verdades Secretas' da Rede Globo, o “Book Azul” também existe, e como sugere a diferença entre cores, o azul é masculino e tem como objetivo agenciar programas para modelos “garotos de programa” ligados às agências.  

Muitas denuncias já tiveram como alvo Elian Gallardo e Alexandre Piva. Faz pouco tempo, um perfil “fake” foi criado no Instagram para revelar diversas verdades que estavam até então secretas sobre o “Book Azul”. Este perfil teve como os principais alvos de denuncias o Gallardo e o Piva, contendo provas de agenciamentos por meio de imagens chocantes e até mesmo áudios reveladores sobre como eram os esquemas de agenciamento.

Publicidade
Publicidade

Em contra-ataque, Elian também criou um perfil para retrucar as denuncias.

O telejornal “Cidade Alerta”, da Rede Record, denunciou para os telespectadores, na noite do dia 22 de outubro, o caso de sequestro envolvendo os dois (Elian e Piva). Agnes Hakamada, Gallardo e Piva foram presos por terem sequestrado um produtor de moda que havia deixado imagens íntimas cair na mão dos sequestradores. Conforme relatos da vítima, houve extorsão de 10 mil reais para que as imagens não vazassem.

Não contente, Agnes, dita como a mandante do sequestro, resolveu sequestrar o produtor de moda para tentar extorquir mais dinheiro, com isso, eles levaram a vitima para a sessão de tortura, na qual, até o seu cabelo do homem foi cortado.

Os acusados estão presos por mandado de prisão preventiva. Em ligação para o escritório de Elian Gallardo, o funcionário diz que “não passa de um mal entendido” e que os advogados dos acusados estão tomando as providencias para que o caso seja esclarecido.

Publicidade

O mais incrível desta história de "novela", é que os sequestradores filmaram tudo, inclusive, o ato de tortura contra o produtor de moda e o vídeo que eles fizeram será prova contra eles mesmos.

Alexandre Piva foi quem revelou o ator Maurício Destri, galã da novela da Rede Globo 'I Love Paraisópolis'. #Crime #Blasting News Brasil #Investigação Criminal