A nova proposta apresentada pela Fenabam (Federação Nacional dos Bancos) de 10% de aumento salarial, incluindo até 72% de abono dos dias parados, correção de 14% no vale-refeição e no vale alimentação e ganhos de 0,11%, foi bem avaliada e, com isso, a #Greve dos bancários poderá chegar ao fim nesta segunda-feira (26).

Greve dos bancários completa 15 dias

O Comando Nacional dos Bancários vai sugerir ao sindicato que representa os trabalhadores que encerrem as paralisações iniciadas no dia 6 de outubro. Juvandia Moreira, presidente do Sindicato de São Paulo, e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, informou em nota à imprensa: "Foi uma vitória dos trabalhadores porque os bancos queriam um reajuste abaixo da inflação".

Publicidade
Publicidade

Servidores bancários completam 16 dias de greve

Os bancários de São Paulo vão decidir em assembleia nesta segunda-feira, 26, se irão continuar com a greve, que completará 21 dias. Representante do sindicato disse no portal G1: "Com esse índice em 12 anos iremos acumular 20,87% de ganho real nos salários de 42,3% nos pisos. O vale refeição será R$ 29,64 por dia com reajuste de 14% e 3,75 de ganho real".

Os bancos não têm informações sobre o impacto da greve, mas lembram que as agências oferecem canais alternativos para efetuar operações financeiras.

Fim da greve: Bancários aceitam proposta e encerram movimento na segunda-feira

Segundo a Febraban, é possível sacar, fazer transferência, consultar saldos, entre outras transições financeiras. Os clientes poderão utilizar terminais eletrônicos, internet banking, celular (aplicativo mobile banking) e telefone, além de poder realizar operações nas casas lotéricas, correios, supermercados e estabelecimentos autorizados.  #Crise econômica #Blasting News Brasil

Proposta inicial da categoria

  • Reajuste salarial de 16% com piso de R$ 3.299,66
  • Participação nos Lucros Resultados (PLR) de três salários de R$ 7.246,82
  • Vale alimentação, Refeição e 13ª cesta e auxílio creche/babá de R$ 7,88 cada
  • Pagamento de Graduação e Pós
  • Melhores condições de trabalho e segurança.

Proposta inicial dos bancos

  • Reajuste salarial de 5,5% com piso entre R$ 1.321 e R$ 2.560,23
  • Participação Lucros Resultados pela regra de 90% do salário mais de R$ 1.939,08 e mais adicionais.
  • Auxílio-refeição de R$ 27,43
  • Auxílio-cesta alimentação e 13ª cesta de R$ 454,87
  • Auxílio-creche/babá R$ 323,84 a R$ 378,56 entre outras propostas.