A próxima segunda-feira, dia 12 de outubro, é um dia especial para a garotada, pois comemora-se o "Dia das Crianças". E se o dia é bom para as crianças, é melhor ainda para o comércio, que espera uma melhora nas vendas, já que estes últimos meses têm sido realmente difíceis.

Com o aumento do dólar, inflação, desemprego, entre outros fatores, o consumidor está cada vez mais ausente das lojas e só mesmo as crianças para puxarem os pais até o comércio mais próximo e conseguirem um presente em época de tantas incertezas e insegurança econômica.

Apesar da #Crise, o comércio vem registrando um aumento nas vendas. Não chega a ser tão bom como foram nos anos anteriores, mas tudo que vender a mais já é motivo de comemoração.

Publicidade
Publicidade

As lojas já enfeitaram as vitrines, deram destaques para os brinquedos e os pais precisam pesquisar muito, já que a variação de preço ultrapassa os 2.000%. E o que podemos imaginar que as crianças vão pedir em época de grande avanço tecnológico? É verdade que elas agora só querem saber de tablet e smartphone?

Realmente, as crianças estão fascinadas por estes aparelhos tecnológicos, só que eles não estarão entre os mais procurados nesta data por um motivo muito simples: criança não sabe esperar. Os smartphones e tablets foram sendo lançados ao longo deste ano e a garotada já ficou aflita para terem estes aparelhos e os pais atenderem o pedido, tanto é que os smartphones continuam sendo um dos poucos produtos no mercado a não apresentarem alta queda nas vendas.

E agora no "Dia das Crianças" os pequenos já estão com seus aparelhos em mãos, então, resta-lhes pedirem outras coisas, por exemplo: Brinquedo! Os brinquedos serão sim, os líderes de venda nesta data e tudo que está relacionado a super heróis e aos filmes infantis lançados nos últimos meses terão grande procura.

Publicidade

Brinquedos para os meninos e para as meninas que dizem respeito aos personagens do cinema que aparecem nos incríveis filmes em 3D continuam fascinando a garotada e ficarão entre os mais pedidos com certeza.

E como a crise econômica continua assolando o bolso dos pais, espera-se que brinquedos que custem mais barato também apresentem boas vendas, pois muitos pais, repletos de contas a serem pagas, vão dar apenas uma "lembrancinha" ao filho, para não deixar a data passar em branco. #Dicas #Blasting News Brasil