Hoje (26), irá ser realizada várias assembleias para que a categoria dos bancários decida se a greve irá ser encerrada ou se continuará. Na capital paulista, a reunião está marcada para as 17:00, horário de Brasília. A #Greve teve início no dia 6 do corrente mês.

As pessoas que estão organizando a greve (Comando Nacional) informaram que o ideal é os funcionários aceitarem a proposta que os bancos fizeram, no último sábado (24), assim voltariam ao trabalho na terça-feira (27).

Os funcionários receberam uma proposta da Fenaban (Federação Nacional Dos Bancos) de 10% no salário e de 14% no vale-refeição e vale-alimentação. Eles ainda irão ter participação nos lucros e mais outros benefícios.

Publicidade
Publicidade

A CUT informou que as instituições disseram sim para esquecer mais de 60% das horas dos funcionários de 6 horas, o que dá um total de 84 horas. Se voltassem ao trabalho eles iriam ter que ficar sempre uma hora a mais no trabalho para a compensação dos dias parados. Isso seria feito até a metade do mês de dezembro.

"A Fenabran nos enviou uma proposta na qual os trabalhadores irão ter um ganho real. O que queríamos foi mantido, porém, o fato também é que não haverá uma dedução total dos dias que os bancários ficaram parados'', disse a Contraf, em nota oficial. A paralisação já ultrapassa o 20º dia e mais de 11 mil agências, das 22.975 que estão instaladas no país, fecharam as portas e cruzaram os braços.

As instituições financeiras, juntamente com a Fenabran, fizeram uma análise sobre a greve, as mesmas informaram que os clientes tiveram os pontos autorizados em farmácias, postos de gasolinas, entre outros.

Publicidade

Outras formas que poderiam ser usadas eram o internet banking, o mobile banking, lotéricas, Correios e supermercados.

Paralisações nos últimos dois anos

Em 2014, os funcionários dos bancos paralisaram por 5 dias. Foi solicitado um aumento salarial de 12,5% e outros ganhos. A Fenabran enviou um proposta de 8,5% no salários, e mais os ganhos reais nas outras verbas que foram solicitadas.

Há dois anos, também houve uma greve, na qual os trabalhadores tiveram um ganho de 8%, com ganho real de 1,82%. Essa paralisação persistiu por 23 dias, a área comercial foi muito prejudicada com a diminuição nas vendas de mais de 29%. #Blasting News Brasil #Crise no Brasil