O horário de verão teve início a partir deste domingo, dia 18 de outubro, trazendo muitas vantagens para o país, sendo a principal delas a economia em relação ao consumo de energia, mas traz muitas desvantagens também e as reclamações já começaram. No estado da Bahia por exemplo, que por mais um ano não aderiu ao horário, os transtornos são enormes.

É que na Bahia alguns dos serviços públicos terão o horário de funcionamento alterado por causa do horário de verão, só que outros serviços continuarão no horário antigo e isto vem trazendo grande transtorno para a população.

Quem for a uma agência dos Correios, por exemplo, precisa ficar atento ao horário já que para estes serviços será mantido o horário antigo, não havendo alteração.

Publicidade
Publicidade

O mesmo acontece com os serviços prestados pelo INSS no estado, que também vai manter o horário antigo.

Em Salvador, capital do estado, os bancos resolveram funcionar no horário antigo, assim como em toda a região metropolitana, só que muitas cidades do interior estão antecipando o atendimento bancário em 1 hora, passando assim a funcionar de 09:00 às 15:00 horas.

As casas lotéricas vão funcionar seguindo o horário de verão, sendo assim, os apostadores que desejarem arriscar um palpite terão que procurar as mesmas no máximo até às 18 horas. O mesmo vale para quem for pagar alguma conta nestes estabelecimentos.

A confusão é ainda maior para quem for viajar de avião. A Infraero já informou que cabe aos passageiros ficarem atentos ao horário que está impresso em seu bilhete, já que está prevalecendo o horário local.

Publicidade

Confusão também na televisão, já que as emissoras de São Paulo e Rio de Janeiro com transmissão nacional seguem o horário de verão enquanto que algumas das emissoras locais ou mais próxima vão seguir o horário local.

O #Governo prevê que o horário de verão irá ajudar o país a economizar R$ 7 bilhões. Dez estados brasileiros aderiram ao novo horário e a economia no setor energético deverá ser de 0,5% até o dia 21 de fevereiro de 2016 quando o horário de verão chega ao fim.Com os dias prolongados, evita-se a "coincidência de consumo" que acontece principalmente no final da tarde quando um número muito grande de consumidores utilizam maior quantidade de energia elétrica em um mesmo horário, geralmente ocorrendo entre 18 e 20 horas. #Turismo