E mais um capítulo de um #Crime que chocou o país aconteceu na tarde desta quinta-feira, 22. O caso que envolve participantes crianças de um programa de televisão, o 'MasterChef Júnior', da TV Bandeirantes, e comentários pedófilos na internet, criou uma tremenda confusão em torno da atração e também gerou muita revolta de telespectadores e também dos pais das crianças participantes. Uma das crianças mais afetadas foi Valentina, de apenas doze anos.

Criminosos chegaram até a criar uma página no Facebook. Na fanpage, pedófilos fizeram comentários sobre a beleza da garota, menor de idade. Dentre as frases escritas nas fotos da garota, alguns do tipo: "virgem, magra de pura" e "todos sonham em casar com uma mulher deste tipo".

Publicidade
Publicidade

Além do crime de pedofilia, as frases são muito machistas. Depois da repercussão do casa, os dos da página, até agora não identificados, decidiram excluí-la da internet. 

Daniela, mãe de Valentina, se pronunciou pela primeira vez sobre o episódio em uma entrevista ao IG. Ela disse que já fez uma denúncia contra a página e que tenta entrar em contato com o Facebook, nos Estados Unidos desde cedo. "Eles estão nos dando todo o apoio", disse ela. 

A rede social está monitorando os conteúdos e o que é impróprio está sendo retirado do ar, para assim proteger a integridade de Valentina. Daniela também contou que ela e o departamento jurídico da TV Bandeirantes farão uma reunião e que o caso não deve passar impune. 

Daniela disse que até o fim do dia ela já poderia saber o nome do responsável pelos posts.

Publicidade

"Vamos colocar esse cara na cadeia", disse ela, que ainda contou que isso seria um serviço para toda a sociedade. A mãe de Valentina mostrou que não deixará o episódio passar em branco.

"A gente não pode colocar todos os holofotes em cima de uma criança de doze anos", disse a mãe. Daniela disse também que Valentina só lê ou vê o que os pais permitem. "A gente já estava preparado para isso, mas não imaginávamos encontrar tarados", revelou Alexandre, pai da menina. #Investigação Criminal