O cantor Giovani, conhecido no passado por ter feito uma dupla sertaneja com Gian, saiu da página de 'TV e Famosos' e foi parar na editoria policial. Isso porque o profissional da mídia foi detido pela polícia, que pediu que o artista prestasse alguns esclarecimentos em uma delegacia policial localizada em Andradina, interior de São Paulo. A cidade paulista está a apenas 32 Km de Minas Gerais, próxima a Três Lagoas. A detenção aconteceu na manhã desta quinta-feira, 12. De acordo com informações do jornal Correio do Estado, o sertanejo precisou esclarecer porque um de seus veículos estava com placas adulteradas. 

Caminhonete teria sido comprada há pouco tempo por sertanejo

A assessoria do cantor diz que a celebridade foi convidado pela polícia após a entidade receber denúncias.

Publicidade
Publicidade

Giovani teria comprado o automóvel com a placa adulterada há pouco tempo. A polícia civil confirma a denúncia anônima. Foi ela que levou os profissionais da segurança até onde estava a caminhonete. O carro estava estacionado na avenida Guanabara, região onde ocorreu a detenção do famoso.

Mesma placa, veículos diferentes. Queixa de roubo

Depois da apreensão do cantor e do veículo, ficou constatado que de fato existe uma queixa de roubo dele. Na verdade, a placa do furto é a de um Chevrolet Corsa, registrado na cidade de São José dos Pinhais, no Paraná. O veículo roubado tem a mesma numeração que a do cantor. 

Famoso estava em evento com permuta na hora que a polícia chegou 

O profissional da música passou por um momento complicado no momento da detenção, já que ele estava participando de uma festa para comemorar o aniversário de uma grande loja de departamentos na região.

Publicidade

Contratado para se apresentar no local, Giovani deixou a canção de lado e foi parar no 2º Distrito Policial do município de Andradina.

De acordo com informação do programa 'A Tarde é Sua', da RedeTV!, depois de ser ouvido pelos policiais, Giovani foi liberado e está pronto para ajudar no decorrer das informações, pagando até as despesas necessárias ao outro proprietário lesado. #Crime #Investigação Criminal