A França está mesmo preocupada com os terroristas e este cuidado todo vai bem além do seu território, chegando até aqui no Brasil: Laurent Fabius, Ministro de Assuntos Exteriores e do Desenvolvimento Internacional daquele país, ofereceu à presidente Dilma Rousseff todo o poder de fogo da França para garantir que o Brasil possa realizar suas Olimpíadas no ano que vem com maior segurança.

Em uma coletiva de imprensa o ministro disse na tarde deste domingo (22) que a França coloca à disposição do Brasil seu poder de fogo, como também o serviço de inteligência para reduzir ao máximo o risco de ataques durante a realização do evento.

Publicidade
Publicidade

Laurent Fabius disse ainda que os atentados ocorridos em Paris podem acontecer em qualquer outro país, já que os terroristas são muito bem organizados e possuem uma rede internacional infiltrada por todo o mundo.

Para o ministro, o grupo pode facilmente preparar um ato terrorista para as Olimpíadas e se isto for acontecer, eles estão desde agora começando o seu plano cruel.

Mauro Vieira, ministro das Relações Exteriores não dispensou a ajuda francesa e disse que ela é muito bem-vinda e o país irá estudar a proposta feita.

A visita de Fabius foi referente à 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas, onde 195 países estarão reunidos de 30 de novembro ao dia 11 de dezembro, justamente na cidade de Paris.

Em visita ao Brasil, ele reuniu-se com Dilma Rousseff, Izabella Teixeira que é ministra do Meio Ambiente e Mauro Vieira.

Publicidade

A visita não foi para tratar de segurança, mas o assunto acabou surgindo durante a conversa já que o #Terrorismo na França está em evidência e o Brasil prepara um evento que irá receber atletas e pessoas de vários países.

A França vai manter o COP21, mesmo diante dos atos terroristas realizados em Paris e a ameaça de novos ataques. Fabius acha que não é certo ceder frente ao terrorismo e que a realização do evento contará com toda a segurança necessária tanto para a população como também para os líderes de vários países que estarão participando. #Ataque