Há três rodadas do final do #Campeonato Brasileiro de 2015, o #Corinthians comandado pelo técnico Tite colocou as duas mãos na taca e soltou definitivamente o grito de “é campeão” da garganta, já que mais nenhum time tem chances de atrapalhar o campeonato do alvinegro paulista.

O Timão fez a sua parte empatando o jogo em 1 a 1 com o Vasco, pela 35ª rodada, chegando aos 77 pontos e disparando 12 pontos à frente do Atlético-MG com 65 pontos, o segundo colocado da tabela. Outro fator importante foi a derrota do Galo por 4 a 2 para o São Paulo, no Morumbi. Ou seja, com esse conjunto de resultado nenhum time tem chances de atrapalhar o Corinthians, e a taça de 2015 é oficialmente da nação corinthiana.

Publicidade
Publicidade

 

O Vasco que permanece na zona de rebaixamento não levou a pior, já que empatou com o líder e agora campeão do Brasileirão. O time carioca jogou com um jogador a menos - o zagueiro Rodrigo - que foi expulso aos 16 minutos do 2º tempo da partida. Os cariocas permanecem na 17ª posição da tabela e seguem agora com 34 pontos.

O sexto título veio de uma partida que todo bom corinthiano está acostumado: com muita tensão e preces para São Jorge. O Vasco marcou o primeiro gol da partida em São Januário, com o lateral esquerdo Júlio César, e por alguns instantes a taça saiu da mão do Timão, mas, voltou - definitivamente e merecidamente - com o gol de Vagner Love aos 36 minutos do 2º tempo, consagrando de vez o time paulista.

Próximos jogos do Corinthians:

 - Com o São Paulo em casa; depois o alvinegro pega o Sport, na Arena Pernambuco; e fecha o ano na Arena Corinthians contra o Avaí para comemorar o título com a nação corinthiana.

Publicidade

 

Números do alvinegro paulista faltando apenas três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro:

- O Corinthians acumula 23 vitórias

- E somente 7 empates

- Apenas 4 derrotas

- 63 gols pró

- E apenas 26 gols contra

 

O Timão também levantou a taça em:

- 1990

- 1998

- 1999

- 2005

- 2011 e 2015: títulos conquistados aos comandos do técnico Tite.

Leia mais:

- Tite diz que não troca o Corinthians pela Seleção Brasileira #Futebol