A notícia de que havia uma bomba no prédio do jornal "O Estado de São Paulo" fez com que todos deixassem o local e a polícia fosse acionada na tarde desta segunda-feira (23). Prédios vizinhos também precisaram ser evacuados e tudo foi feito de forma urgente para evitar qualquer imprevisto até que tudo possa ser averiguado por profissionais altamente preparados para estas ocasiões.

Na tarde desta segunda-feira, os muitos profissionais do "Estadão" e também de locais próximos ao prédio tiveram que deixar seus trabalhos à pressa, tão logo foram informados que havia uma ameaça de bomba no local.

Por causa do clima tenso em outros países, principalmente nos da Europa e com a aproximação das Olimpíadas, o Brasil já se prepara para estas situações, porém ninguém imaginava que elas já pudessem surgir por agora.

Publicidade
Publicidade

A possibilidade de ser um trote existe, mas por causa do cenário mundial e por ser um local dedicado à imprensa, que muitas vezes é alvo dos terroristas, todas as pessoas foram obrigadas a deixar o local imediatamente e o esquadrão antibombas foi acionado para que toda a redação fosse vasculhada, mas a busca irá se estender por outros locais do prédio e as gravações das câmeras de segurança terão suas imagens analisadas

Os bombeiros também já foram para o local e 7 carros encontram-se à disposição, caso aconteça alguma coisa. Novas viaturas estão sendo preparadas para ficarem à disposição para o caso dee algo pior venha a acontecer.

Todos os funcionários estão do lado de fora do prédio, a uma certa distância, aguardando que a vistoria termine e o prédio seja liberado, porém o esquadrão antibomba não deu previsão de quando terminará o serviço, que poderá demorar bem mais do que se espera, pois o prédio é grande e não só a redação será averiguada.

Publicidade

Para não haver correria e atropelamento, os funcionários foram sendo avisados aos poucos e informados apenas para que pegassem suas bolsas e também seus pertences e descessem pelas escadas, indo para fora do prédio e ficassem lá até segunda ordem.

Recentemente a França ofereceu ajuda ao Brasil para ajudar no combate ao #Terrorismo que poderá estar se instalando por aqui com a aproximação das Olimpíadas de 2016. #Ataque #Casos de polícia