Novo risco de se repetir em Mariana a catástrofe que chocou não só o Brasil, mas todo o mundo. A usina hidrelétrica Risoleta Neves, próximo à cidade de Mariana, em Minas Gerais, está sendo esvaziada urgentemente por causa de um novo risco de rompimento em uma outra barragem.

A barragem de Germano está ameaçando ruir e assusta a todos. A população local está desesperada e os estragos podem se arrastar por muitos quilômetros, assim como fez a lama que foi destruindo o Rio Doce e chegou ao mar.

Jarbas Lopes, técnico que mora na região, informou que a água que está descendo vem provocando erosão da terra que fica embaixo da "Estrada de Santana".

Publicidade
Publicidade

Ele levou a família ao local para ver a represa e ficou assustado com o problema.

Mais um pouco e a estrada será totalmente bloqueada, o que prejudicaria trabalhadores da região que utilizam este caminho.

O reservatório precisa ser esvaziado urgentemente porque se a barragem de Germano estourar a única forma de conter a lama é utilizando este grande espaço de Candonga, cerca de 544 milhões de metros cúbicos, para conter todo o rejeito de minério, impedindo que ele chegue ao Rio Doce e os estragos sejam ainda maiores.

O reservatório fica a 5 km de Santa Cruz do Escalvado, que tem uma população estimada em cerca de 8 mil habitantes e todos eles ficaram perplexos ao saberem do esvaziamento. Muitos reclamam que o local é utilizado para pescaria e que muitas famílias dependem desta represa para sobreviverem.

Publicidade

E a população não tem nenhuma garantia de que a represa será capaz de conter toda a lama, caso a barragem estoure. E outra preocupação é que, mesmo que a represa consiga segurar toda a lama, quem vai retirá-la depois, para que o reservatório volte a ser como é hoje?

Desde o dia 7 que as comportas estão abertas e não há mais produção de energia, sendo que antes a usina produzia até 140 MW/hora. A barragem de Germano está totalmente comprometida e o juiz Michel Cury e Silva decidiu pelo esvaziamento emergencial da represa. A Samarco vem retirando peixes vivos da represa, com a ajuda de pescadores locais para serem encaminhados a outros locais. #Natureza #Governo #Crime