O cientista Albert Einstein há muitos anos publicou o conjunto de regras que o deixou conhecido em todo o mundo cientifico. Tal experimento foi realizado poucos anos depois, mais precisamente em maio de 1919, ao mesmo tempo na ilha de São Tomé e Príncipe (pertencente a África) e na cidade de Sobral, no interior do estado do Ceará (região Nordeste do Brasil).

Einstein, em seus importantes estudos, escreveu que a energia pode virar matéria e vice-versa (origem do artefato atômico). Ele também escreveu que o espaço-tempo são distorcidos pela matéria. 

Por causa dos estudos ligados ao eclipse, a cidade do interior cearense inaugurou o 'Museu do Eclipse' no ano de 1999, que é localizado na área central de Sobral.

Publicidade
Publicidade

Alunos do ensino fundamental de toda a região, e de outros estados também, têm uma grande ajuda nas matérias de geografia e estudos de ciências, pois é possível observar muitas coisas que provam que a teoria de Einstein é verdadeira, como, por exemplo, mapas estrelares e lunetas.

No local, é possível visualizar satélites naturais em formatos de réplicas, também as pessoas têm a possibilidade de utilizar simuladores, que reproduzem eclipses. Há também imagens dos ingleses que fizeram a experiência na cidade no início do século XX, além de vídeos e fotos, que apresentam um grande material astronômico e científico. “No telescópio que temos, o planeta Saturno pode ser visto em detalhes, inclusive, seus anéis”, comentou Dênis, astrônomo amador.

O físico e astrônomo amador Róger Pinheiro acha que a teoria de Einstein (E = mc2) teve enorme importância para que os ingleses denunciassem um erro de tal fato.

Publicidade

"Naquele período, as pessoas não tinham muito conhecimento das coisas. Tem relatos que, durante o eclipse, muitas gestantes ficaram nas igrejas rezando, pois havia um boato circulando na época que tal fenômeno era coisa ruim, e que as crianças poderiam nascer com a cor negra. As lendas e boatos foram colocados ao chão, assim que os estudiosos estiveram em Sobral", relatou Pinheiro. #Natureza #Inovação #Curiosidades