Um momento que seria de risos, esperança e possíveis lágrimas de alegria darão lugar a mais um #Natal de tristeza e pobreza em Belo Horizonte. Pelo menos para vinte famílias atendidas por uma ONG - Organização Não Governamental. Várias pessoas apadrinharam a campanha para comprar eletrodomésticos para essas famílias, mas o carro com os bens sofreu um assalto no bairro Ouro Preto da Pampulha e todos os presentes foram subtraídos pelos meliantes.

A vitima foi o empresário de Minas Gerais e dono da ONG, Rafael Anderson Prado, que estava com o porta malas cheio de batedeiras, liquidificadores, ventiladores, sanduicheiras, entre outros itens essenciais em uma casa e que tinha acabado de comprar para distribuir nesse natal.

Publicidade
Publicidade

Segundo Rafael, que estava muito abalado tanto por ser mais uma vitima da #Violência urbana, quanto por ver o natal daquelas famílias destruído, muitas das pessoas atendidas pela ONG são mulheres vitimas de violência e ex-usuárias de drogas. No total, eram mais de vinte crianças com suas mães. Muitas delas iam deixar a ONG para começar uma nova vida e pediram um eletrodoméstico de natal para ajudar a montar suas respectivas casas. As crianças que vivem na ONG já passaram por inúmeras frustrações ao longo da vida e esse seria um novo começo para todas elas.

O assalto aconteceu no último domingo, 20, quando Rafael parou o carro em um sinal vermelho. O mesmo foi abordado por quatro criminosos armados que levaram o veículo. A Polícia Militar do Estado de Minas Gerais conseguiu localizar o carro, entretanto, todos os presentes foram levados.

Publicidade

A fim de correr contra o tempo e proporcionar um natal com um pouco de sorrisos para essas mesmas famílias, Rafael pede a ajuda das pessoas, para que doem algum presente, ainda que simples, para essas famílias não ficarem desamparadas quando todos estão se presenteando e elas esperavam que também fossem. Algumas pessoas já aderiram a corrente da solidariedade, mas o número de cidadãos dispostos à ajudar ainda é pequeno diante da quantidade de presentes que precisam ser comprados.

Rafael disponibilizou o número do seu celular pessoal, caso alguém esteja disposto a doar algum presente. Para mais informações entre em contato com ele pelo número (31) 97308-9690 e proporcione um pouco de alegria para quem há muito tempo não sabe o que é isso. #Crime