Depois de ter sido filmada saindo de um motel em Betim-BH, Minas Gerais, com o concunhado e melhor amigo do próprio marido e tido as imagens em vídeo sendo expostas nas redes sociais para todo o Brasil ver, de acordo com a advogada Isabel Araújo, Fabíola entrou em estado de depressão, está sofrendo muito e não quer mais sair da própria casa.

“A vida e imagem da minha cliente está totalmente exposta nas redes sociais. Todas as imagens do ocorrido foram divulgadas publicamente sem o menor receio do que poderia acontecer com aqueles que estão envolvidos e os que divulgaram isso. Por causa dessa situação, a minha cliente está sofrendo muito e é bem provável que não saia de casa por muito tempo, isso é irrecuperável”, disse a advogada de Fabíola.

Publicidade
Publicidade

Carlos Eduardo e Fabíola têm duas filhas, que também estão com suas imagens e vida sendo expostas nas redes sociais. A irmã de Fabíola é casada com o Léo, que foi flagrado saindo do motel com a advogada. Isso significa que os dois são concunhados, e segundo informações contidas no próprio vídeo exposto nas redes sociais ambos também eram melhores amigos.

O vídeo também mostra o marido da Fabíola a todo o momento a ameaçando e perguntando “se o motel era a manicure que ela disse que estava indo”. Em outros momentos ele empurra a bancária. De acordo com a advogada Isabel, existem muitas medidas que podem ser tomadas para evitar um dano ainda maior do que o já sofrido por Fabíola e suas duas filhas. Uma delas é por meio do Estatuto da Criança e do Adolescente, outras são de natureza cível e criminal.

Publicidade

O próprio marido, Carlos Eduardo, no momento da confusão e do flagra no motel, pediu para que a atendente que estava naquele momento fechando as janelas ligasse para a polícia. E de acordo com a Polícia Civil, quando a PM foi chamada, Carlos afirmou que somente tinha machucado a mão por causa dos estilhaços de vidro e por isso não houve nenhum registro de agressão por parte dele e por parte de Fabíola. A advogada da bancária ainda lembra para todos que estão fazendo uso nas redes sociais desse caso, que é preciso ter muito cuidado, principalmente com as imagens das duas filhas, pois se trata de uma família que está se desfazendo. #Curiosidades #Internet #Casos de polícia