Um enorme incêndio consome o Museu da Língua Portuguesa, que fica localizado na Estação da Luz, no centro da capital Paulista. De acordo com as informações dadas pelo portal de notícias G1, uma pessoa que trabalhava como bombeiro do Museu, morreu tentando combater as chamas.

Saibam mais sobre o grande incêndio no Museu da Língua Portuguesa

Um grande incêndio atingiu na tarde desta segunda-feira (21), o Museu da Língua Portuguesa no centro da cidade de São Paulo. Por volta das 17h15 parecia que o incêndio havia sido controlado, porém quinze minutos depois o fogo atingiu a torre do Museu.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, um homem que trabalhava como bombeiro do Museu morreu devido a uma parada cardiorrespiratória, quando tentava apagar as chamas.

Publicidade
Publicidade

O Museu da Língua Portuguesa fica localizado na Estação da Luz, o prédio possui três andares, com um total de 4,3 mil metros quadrados. Nesta segunda feira o Museu não estava aberto ao público.

A Estação da Luz do metrô está fechada por questão de segurança. Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros, Marcos Palumbo, o incêndio começou no primeiro andar e se propagou rapidamente pelos andares superiores. 

Palumbo relatou que estão envolvidos no combate ao incêndio 97 homens do Corpo de Bombeiros e 37 carros que estão no local . Marcos Palumbo disse que as chamas avançaram rapidamente por todo o edifício, através da estrutura de madeira, borracha e material plástico presentes no Museu.

Museu da Língua Portuguesa

O prédio que abrigava o Museu foi inaugurado em 1901. Entretanto o Museu foi inaugurado no dia 20 de março de 2006 e foi aberto ao público no dia seguinte a inauguração.

Publicidade

A curadora do Museu, Isa Ferraz, afirmou que o incêndio é uma grande tragédia. Segundo Isa, " o Museu é fruto de muito trabalho e dedicação." De acordo com a curadora, o museu se tornou referência internacional.

Nos três primeiros anos depois da inauguração, o Museu recebeu mais de 1,6 milhões de pessoas, se tornando um dos Museus mais visitados do Brasil e da América Latina.

  #Turismo #Governo #Investigação Criminal