Quase todo mundo será traído ou traíra pelo menos uma vez em sua vida. A sorte da maioria das pessoas é que elas não tem um marido que corre atrás para dar o flagrante sobre a traição amorosa. Fabíola Barros, uma bancária, disse para o esposo, Carlos Eduardo, que iria fazer a unha na manicure. No meio do caminho, ela pegou uma carona com 'Leo', um empresário local que ganhou o apelido carinhoso de "gordinho gostoso" nas redes sociais. Carlos já estava planejando o flagrante. Ao lado de um amigo, que filmou tudo, o marido traído perdeu a cabeça, destruiu o carro do empresário e ainda agrediu a ex-amada, pegando ela pelos cabelos. 

Tudo foi parar na internet e fez sucesso, mas Carlos pode até ir parar na cadeia.

Publicidade
Publicidade

Isso porque agredir uma mulher é #Crime do país. A criação da Lei Maria da Penha fortaleceu a luta feminista em território nacional. Atualmente, nas grandes cidades já existem, inclusive, delegacias especialmente voltadas paras as mulheres. 

Mas também fica a reflexão. E se fosse o contrário: Fabíola encontra o marido, que prometera jogar futebol com os amigos, mas foi parar em um motel. Ela, descontrolada, quebra tudo e bate nos dois. Não é incomum vermos casos desse tipo. Aliás, eles são até mais frequentes do que o contrário. Esta reportagem não faz qualquer apelo para que haja agressão, pelo contrário, mas não dá para dizer estritamente, como se observou de algumas opiniões, que Carlos seja machista. Dá para dizer sim que ele é um homem traído que se descontrolou. 

Fabíola pode fazer uma queixa crime contra o marido.

Publicidade

Ela já até contratou a advogada Isabel Araújo, mas por enquanto, a profissional da #Justiça não fala em iniciar um processo contra Carlos Eduardo. Segundo ela, nesse momento, a bancária não quer nem sair de casa, já que está muito abalada com o episódio. O casal tem dois filhos pequenos. Além da traição em sim, o 'Ricardão', no caso Leo, é irmão do genro de Fabíola, o que provocou um enorme estremecimento na família. Esperamos que tudo se resolva e todos fiquem bem.  #Investigação Criminal