A crise econômica acertou em cheio o Brasil em 2015, porém, um setor tem conseguido se manter, mesmo com a redução dos lucros. Trata-se do setor hoteleiro, que, graças as constantes promoções, conseguiu manter um bom fluxo de hóspedes ao longo do ano, na maior parte das cidades turísticas brasileiras.

Para a alta temporada, que começou com a chegada do verão neste dia 22 de dezembro (terça-feira), hotéis, pousadas e demais estabelecimentos em todo o país já recorrem novamente às promoções, para não perderem o fluxo contínuo de hóspedes neste período do ano.

Geralmente, esta é a época na qual este setor aumenta consideravelmente os preços, para lucrarem com o maior fluxo de turistas, no entanto, com a crise em pleno vigor no país, os donos dos estabelecimentos não veem outra saída, se não, abaixarem os preços para continuar atraindo os visitantes.

Publicidade
Publicidade

Para Marcelo Bismarck, 49 anos, dono de uma pousada em Itacaré, litoral Sul da Bahia, esta época de crise é difícil, mas é preciso se adaptar a ela, até a situação do país melhorar.

“Ficar lamentando a crise é perda de tempo. Ela está aí e é preciso se a adaptar ao atual momento dos brasileiros. Sei que não vou lucrar como nos últimos anos, mas sem as promoções o prejuízo seria muito pior. Por outro lado, com o dólar muito acima do real, deve aumentar o fluxo de hóspedes estrangeiros, o que já ajuda a equilibrar os lucros. E assim, vamos tocando o barco e trabalhando, até a situação do país melhorar”, diz o empresário. #Negócios #Turismo #Crise econômica