O Ministério Público Federal entrou com o pedido e a Justiça Federal autorizou a quebra de sigilos bancário e fiscal de todas as pessoas e também das empresas que estão sendo investigadas pela "Operação Zelotes". Entre estes investigados está Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula e sua empresa, a "LFT Marketing Esportivo".

Várias fraudes estão sendo descobertas pela Operação Zelotes, que teriam sido cometidas no julgamento do Carf - Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

A Polícia Federal vem investigando desde outubro o consórcio de empresas que estariam manipulando alguns dos julgamentos feitos pelo Conselho.

Publicidade
Publicidade

Estes consórcios também estavam negociando alguns incentivos fiscais para empresas de automóveis através da "compra de medidas provisórias".

Gilberto Carvalho, ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência da República e atualmente é presidente do CNS - Conselho Nacional do Sesi, está sendo investigado por "conluio" com lobistas que são acusados de pagarem propinas que lhes garantem benefícios fiscais.

A Polícia Federal já conseguiu vários documentos apontando ligação entre Carvalho e empresas acusadas, mas o ex-ministro vem negando tudo e disse que não recebeu nenhum benefício enquanto desempenhava o cargo.

FILHO DE LULA É INVESTIGADO PELA POLÍCIA FEDERAL

A Polícia Federal está investigando o filho do ex-presidente #Lula e sua empresa que teria recebido R$ 2,5 milhões só em relação aos pagamentos feitos por "Marcondes e Mautoni", escritório que vem sendo investigado por envolvimento na MP 471 que é a responsável por garantir benefícios ao setor automotivo.

Publicidade

O filho de Lula explicou à PF que sua empresa só prestou serviços para a "Marcondes e Mautoni" e que este é o motivo dos valores pagos. Contudo, a Polícia Federal já descobriu que a consultoria, na verdade, foi só uma cópia de conteúdo do Facebook.

Lula está envolvido com a questão do impeachment de Dilma Rousseff e os problemas enfrentados pelo PT e tem preferido não comentar muito sobre a investigação contra seu filho. #Corrupção #Investigação Criminal