A Lei Seca, que se tornou mais severa no Brasil a partir do ano de 2013, está sendo apontada pelo #Governo Federal e por especialistas em trânsito no país, como uma das principais responsáveis pela redução das mortes nas estradas brasileiras, que foi evidenciada por meio da última pesquisa do IBGE, divulgada recentemente.

Além desta importante Lei, outros aspectos também estão sendo considerados na contribuição para esta queda, dentre eles, a melhoria dos itens de seguranças nos automóveis, imposta também pelo Governo, e que teve a fiscalização reforçada no último ano.

Por curiosidade, até mesmo os congestionamentos, ou engarrafamentos, como são comumente chamados pelas pessoas no dia a dia das grandes cidades, e que são motivos de bastante reclamação por parte da maioria destes, estão sendo considerados também como fator importante na redução dos acidentes e mortes no trânsito, por, consequentemente, diminuírem a velocidade dos veículos nas ruas e avenidas.

Publicidade
Publicidade

Com o aparente sucesso da Lei Seca, o Governo deve reforçar ainda mais a fiscalização nas estradas, para, com isso, tentar, nos próximos anos, cumprir com o compromisso feito com a ONU de reduzir pela metade o número de óbitos nas estradas do Brasil, até o ano de 2020. #Legislação