Nesta sexta-feira (11), a Polícia Federal deflagrou a operação 'Vidas Secas - Sinhá Vitória'. O intuito é prender suspeitos que participaram de um esquema que superfaturou as obras de engenharia executadas para a transposição do Rio São Francisco.

De acordo com as investigações, empresários do consórcio OAS, Galvão, Barbosa Melo e Coesa, utilizaram empresas de fachada para desviar o valor de R$ 200 milhões das verbas públicas que foram destinadas a esta obra, que começa no agreste de Pernambuco e vai até a Paraíba.

Este consórcio era responsável por dois lotes dos 14 envolvidos na transposição do rio. Até o momento, a polícia investiga contratos que chegam a R$ 680 milhões.

Publicidade
Publicidade

A Polícia Federal informou que as empresas estariam no nome do doleiro Alberto Yousseff e de um lobista, cujo o nome ainda não foi divulgado. Os dois já se encontram envolvidos em outro caso de #Corrupção, que é investigado pela operação 'Lava-Jato'.

A Polícia Federal vai cumprir mandados no Recife, nos bairros de Boa Viagem, Coelhos e Graças. Já no sertão do estado, a operação deve acontecer nos municípios de Sertania e Salgueiro. Todos os investigados devem responder pelos crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro e fraude na execução de contratos. 

A transposição do Rio São Francisco é uma obra do Governo Federal, que tem como intuito garantir a segurança hídrica de 390 municípios, beneficiando no total 12 milhões de pessoas. Esta obra teve início em 2006, com o orçamento inicial de R$ 4,5 milhões de reais.

Publicidade

Mas, devido ao seu atraso, teve seu valor dobrado.

De acordo com informações do ministério de Integração Nacional, o atraso na entrega dos trechos vem ocorrendo devido a burocracia na escolha das empresas e na adaptação dos projetos inicias. No total, R$ 1 bilhão de reais é destinado a programas sociais ambientais. Até o momento, 81% das obras deste projeto do Rio São Francisco foram executas. Para esta obra, foram contratados 10.141 trabalhadores.

A economia do país vai mal, os preços estão todos em alta, o país está na lista vermelha para investimento e já há um total de 59 milhões de inadimplentes, sem falar no alto número de desempregados. O brasileiro está tendo que suar a camisa para viver, e, no final de tudo, a corrupção continua acontecendo descaradamente. #Natureza #Opinião