Muitos comentaristas afirmam que esse foi um dos piores anos que o Brasil já enfrentou em sua história, e também, um dos anos mais violentos da história humana, com o surgimento de um novo inimigo à humanidade, o terrorismo do Estado Islâmico. Foi um 2015 de aprendizados e lições, mas também, um ano de descobertas. O Papa Francisco abriu as portas para novos tempos na Igreja, EUA e Cuba fizeram as pazes, um brasileiro foi campeão mundial de surfe novamente e pela primeira vez um Senador foi preso no Brasil.

Confira abaixo o que aconteceu em cada uma das áreas sociais humanas e também o que aconteceu de mais importante no Brasil.

Publicidade
Publicidade

Brasil

Em Janeiro, a presidente Dilma Rousseff (PT) assumiu a Presidência da República para exercer o seu segundo mandato.  Ela teve que conviver com as prisões da Operação Lava-Jato que prendeu o Senador Delcídio do Amaral (PT-MS), com as delações premiadas, desemprego em massa e uma crise econômica e política sem precedentes. Para completar, teve que lhe dar com o pedido de Impreachment do Presidente da Câmara Eduardo Cunha, cujo foi flagrado com uma conta milionária na Suíça e não soube se explicar.

O STF passou a discutir a possibilidade da legalização da maconha e da possibilidade do aborto. O país enfrentou uma das maiores tragédias de sua história, o rompimento das barragens no distrito de Mariana, em Minas Gerais onde a lama desse acontecimento atingiu o oceano Atlântico e matou muitas pessoas.

Publicidade

No Esporte, Adriano de Souza se sagrou campeão mundial de surfe. O Corinthians conseguiu o hexa campeonato brasileiro e o Vasco se rebaixou para a série B. A cartolagem brasileira se envolveu em escândalos de corrupção. Marin acabou sendo preso e Marco Polo Del Nero pediu licença do cargo.

Mundo

No início do ano, o jornal ‘Charlie Hebdo’, sofreu um atentado e 12 pessoas foram cruelmente mortas. Mais adiante, o mundo passou a conhecer as perversidades do Estado Islâmico que decepava cabeças de civis e ameaçava a segurança do ocidente.

Meses depois, cidadãos sírios passaram a fugir do terror e pedir refúgio na Europa. Assim, alguns terroristas aproveitaram a oportunidade e se infiltraram na leva de gente. Não demorou muito para outro aviso ser dado ao Ocidente, dessa vez ceifando a vida de 130 pessoas na França e centenas de outras na África. A questão Estado Islâmico então se tornava algo de extrema importância para ser combatida pelas potências mundiais.

Igreja Católica e protestos

Mulheres foram às ruas para pedir mais igualdade em alguns países.

Publicidade

Nos EUA, o casamento gay foi legalizado. O Papa Francisco passou a receber transexuais e pessoas de outras opções sexuais, além de ter visitado alguns países que não estavam por um bom tempo na lista do Vaticano para visitas.

A TV Brasileira

A televisão aberta em 2015 apostou em cenas de nudez e na questão da liberdade sexual entre pessoas do mesmo sexo. Na internet, a Netflix surgiu com o clássico “Pablo Escobar”. Programas de culinárias tomaram grande parte da audiência dos horários nobres e pela primeira vez a novela das nove da globo foi ‘vencida’ por outra novela da Record.

2015 foi o ano que será lembrado por todos como um grande desafio e aprendizado. #AnoNovo2015 #Crise no Brasil #Melhores de 2015