Parece que o assunto Fabíola da unha nunca mais terá fim. Tudo começou quando o marido da bancária decidiu perseguir-la até a manicure, local onde a esposa supostamente iria dar um cuidado a mais para as unhas. No entanto, no meio do caminho, a morena ao lado de Léo, seu suposto amante, decidiu que queria ir no motel. O estabelecimento fica em Belo Horizonte, Minas Gerais. Toda a ação foi filmada por um quarto homem, que também seria amigo do homem traído, identificado pela imprensa como Carlos Eduardo. 

Irritado, Carlos Eduardo destrói boa parte do carro de Léo, um empresário bem sucedido da região. Em seguida, ele quebra o celular da esposa, a puxa pelo cabelo e continua a perguntar se ela ia mesmo fazer a unha.

Publicidade
Publicidade

Tamanha revolta aliada a um momento constrangedor fez com que o vídeo da traição fosse divulgado insistidas vezes nas redes sociais. Mas não parou por aí, imagens e vídeos íntimos que seriam supostamente de Fabíola também caíram na boca do povo. 

O suposto vídeo íntimo está em diversos portais de conteúdo adulto. As imagens sem censura mostram uma mulher branca e de cabelo preto, que pouca coisa lembra Fabíola. Ainda assim, milhares de pessoas não param de pesquisar pelas imagens, querendo vê-las e revê-las. 

Como informamos anteriormente, a Blasting News conversou com um empresário do mundo adulto, que disse ter certeza de que os vídeos de sexo não são de 'Fabíola da Unha'. Segundo ele, as mulheres são mesmo completamente diferentes. Irônico, ele contou ainda que os internautas já pedem uma gravação de verdade e que pagaria bem para a funcionária das finanças, caso ela queira se aventurar nesse tipo de mercado.

Publicidade

Já juristas falam em possíveis processos para quem compartilhar o conteúdo e vinculá-lo à Fabíola. Quem também pode ter que pagar uma fortuna e até parar na cadeia é Carlos Eduardo. Segundo especialistas, a indenização para a bancária pode chegar a R$ 150 mil, não excluindo a responsabilidade penal sobre o caso. Enquanto isso, segundo o R7, Leo está em Miami, nos EUA, com a esposa, passando uma nova lua de mel.  #Justiça #Crime