O caso aconteceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, mas se tornou assunto em todas as cidades do Brasil. Um vídeo com o flagrante do marido descobrindo que sua esposa o trai com seu melhor amigo rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados do Facebook e Twitter. Revoltado, o marido decidiu perseguir sua mulher e descobriu que ela estava com seu amigo no motel.

Ao chegar lá, o marido disse: "Foi fazer a unha, né, Fabíola?" A frase se tornou tema de muita piada entre usuários das redes sociais, e já há até mesmo páginas criadas no Facebook com títulos como "Salão do Leo", pois Fabíola havia saído de casa informando que ia na casa de uma cliente para fazer a sua unha.

Publicidade
Publicidade

Tudo começou quando marido de Fabíola começou a suspeitar que estava sendo traído. Para se certificar se estava correto em sua suspeita, ele a seguiu e foi parar em motel da cidade de Contagem, que fica próxima de Belo Horizonte. Mas a história ganhou novas proporções ao descobrir que o amante era seu melhor amigo.

O melhor amigo Léo tentou acalmar o marido, afirmando que foi para o motel apenas para conversar com Fabíola. O marido não acreditou e começou a tentar quebrar o carro. Até mesmo a revolta dele virou piada na internet. Todo o momento foi gravado.

Em seguida, o marido foi falar com Fabíola, que tentou esconder o rosto para não sair na gravação. O homem que filmava impressionou os usuários das redes sociais, já que mesmo com tanta confusão ele não parou a gravação, sem perder nenhum segundo da história.

Publicidade

Quem filmava também questionada os presentes sobre a traição.

No final das contas, o carro acabou com vidros quebrados e pintura danificada. Mesmo com a ameaça de chamar a polícia, a confusão não diminuiu. Toda a cena, que parece de novela mexicana, pode ser vista no vídeo que em poucas horas recebeu milhares de visualizações no Twitter. Supostos vídeos íntimos de Fabíola e o amante também vazaram na internet.

Confira abaixo o vídeo do flagrante do marido e alguns dos comentários de internautas no Twitter sobre o caso.

#Comportamento #Casos de polícia