O Instituto Butantan (São Paulo) dará início à fase três de testes da vacina que irá combater a dengue e serão recrutadas 17 mil voluntários distribuídos entre 13 cidades e 12 estados do Brasil.

Nesta última etapa serão testados dois terços das pessoas que se prontificaram aos testes e estas tomarão a vacina e um terço receberá o placebo.

Após esta fase de observação, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) fará uma avaliação para efeito de registro da vacina. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira (11/12) pelo governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o secretário de saúde David Uip, juntamente com o diretor do Instituto Butantan Jorge Kalil.

Publicidade
Publicidade

A vacina poderá demorar, estima-se o prazo de 12 a 18 meses e vai depender do resultado dos testes com os voluntários. Haverá uma avaliação sobre os infectados que tomaram a vacina, como reagiram e se foi eficaz.

COMO SURGIU A VACINA CONTRA A DENGUE

Foi firmada uma parceria do Instituto Butantan com o NIH (Institutos Nacionais da Saúde dos Estados Unidos). Desenvolveram a vacina utilizando os vírus da própria dengue (alterados). O paciente quando a recebe cria anticorpos de defesa em seu organismo para combater os quatro tipos de dengue.

Os fatores climáticos, aumento do calor, possibilita o aumento dos mosquitos, eles se proliferam rapidamente, principalmente em locais com água parada, lixo e caixas de água abertas que são um perigo ao seu desenvolvimento. E a vacina irá controlar a epidemia que tende a se alastrar pelo país.

Publicidade

Para o governador Geraldo Alckmin é um avanço na ciência do Brasil e graças ao Butantan que é o maior Instituto soroterápico da América Latina, a possibilidade de combater a #Doença está próxima.

Em nota a presidente Dilma Rousseff autorizou a fase três dos testes da vacina contra a dengue do Butantan. De acordo com Dilma tudo faz parte do Plano Nacional de Enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti e a doença da microcefalia.

Será um alento para a população ficar imune aos efeitos da picada do mosquito, que tanto mal tem causado às pessoas e sofrimento as mães. É um avanço não só para o Brasil quanto para outros países, pois poderão fazer uso da vacina. #Medicina