Mais uma vez foi adiada a obra do trecho sul da BR-101, no município de Tubarão/SC, obras essas de muita importância para a população local, bem como para todo o Brasil, pois é uma rodovia onde circula toda a produção do sul do país, e por onde chegam produtos vindo do norte. Um trecho de suma importância para a economia local e de todo Brasil.

O DNIT/SC informou que o atraso se deu devido as chuvas do ano passado nos meses de outubro e novembro, que atrasaram o trabalho de terraplenagem previsto para o acesso ao túnel do Morro do Formigão. Mas a obra encontra-se praticamente concluída. O túnel do morro do Formigão está pronto, porém, liberada apenas uma faixa no sentido Florianópolis - Porto Alegre.

Publicidade
Publicidade

As obras da ponte Cavalcanti se iniciaram em abril de 2014, e a previsão inicial era de conclusão em maio de 2015. Mas a ponte deve ficar terminada somente no fim do primeiro semestre de 2016.

Quando a obra do Morro do Formigão e a ponte Cavalcanti forem concluídas, será liberado um trecho crítico da BR-101. Se sentirá a diferença principalmente no verão e no carnaval, quando a rodovia no trecho sul fica muito movimentada, com a vinda de turistas argentinos, uruguaios e gaúchos. Esse trecho acaba sendo um grande gargalo para ser enfrentado, uma vez que, com o dólar em alta, o turista argentino e uruguaio está vindo para o litoral catarinense. No período de veraneio, o fluxo médio sobe de 25 mil para 40 mil por dia no trecho sul, ocorrendo filas neste trecho da BR-101 sul.

Mesmo com a alteração da data para a entrega da obra, os trabalhos continuam para finalizar essa que é a última etapa para ter a rodovia completamente duplicada neste trecho.

Publicidade

Obra esta que já viu passar mais de uma década para sua execução, um trecho do país no qual já espera por essa obra há muito tempo.

Como as obras não param, os motoristas que circularem pela rodovia devem ter sua atenção redobrada, pois há tráfego de máquinas e homens trabalhando, e também de pedestres. Os motoristas devem reduzir a velocidade neste trecho e seguir com muita atenção. #Governo #Opinião