Começa a seleção de 228 mil estudantes que vão ingressar no ensino superior público através do SISU nesse ano. As inscrições estão abertas do dia 11 ao dia 14 de janeiro.

Para participar da seleção, o candidato deve ter realizado o ENEM no ano passado e não pode ter zerado na redação. A nota mínima para concorrer a bolsas de estudo é 450 pontos. Cada instituição é livre para escolher outra nota mínima para ingresso no curso, bem como a forma de avaliação da mesma: se por média ou pela nota individual de cada categoria avaliada no #ENEM.

Por existirem menos instituições públicas do que privadas no Brasil, as vagas são mais concorridas, logo, quem tem a melhor nota tem mais chances de garantir uma vaga, entretanto, as notas de corte são atualizadas diariamente, de forma que um aluno que estiver garantido dentro do mínimo de vagas em um dia, pode não estar mais no dia seguinte.

Publicidade
Publicidade

O que é nota de corte?

É uma nota mínima para poder se candidatar à um curso, por isso corte: se não apresentar o mínimo, então é ‘cortado’ do processo seletivo.

Como funciona a nota de corte?

Digamos que, em caráter exemplificativo, um candidato tenha obtido aproveitamento de 500 pontos no ENEM e se candidatou em um curso que a nota de corte seja 450. A instituição disponibilizou 10 vagas. Esse candidato se inscreve para obter essa vaga e até o fim do dia está garantido. De repente o sistema atualiza e a nota de corte passa a ser 510. Logo, isso significa que ele não está mais apto aquela vaga, pois candidatos com notas maiores ocuparam as dez posições (dez vagas).

Explicando esse exemplo, a nota de corte dos cursos equivale a menor nota do último colocado das vagas disponíveis, ou seja, se tem dez vagas e a nota de corte é 510, significa que o candidato com a menor nota dentre os dez primeiros colocados, possui 510, logo quem tiver uma nota menor não terá chances de disputar com os demais candidatos.

Publicidade

O candidato tem acesso a classificação parcial acessando o sistema, de forma que sabe se está dentro daquele processo seletivo ou é melhor trocar o curso ou instituição. Apenas no último dia que não será possível saber se foi classificado ou não, pois assim que encerrar as inscrições, o Inep faz o levantamento e divulga posteriormente o resultado final da primeira chamada.

Baixando o aplicativo do SISU para celulares e tablets, você tem na palma da mão as classificações parciais e demais informações sobre o processo seletivo, aumentando suas chances de obter uma vaga.

Vale ressaltar que o SISU só é válido para cursos presenciais de instituições públicas. O PROUNI, destina vagas para universidades particulares e só terá as inscrições abertas após o término do processo seletivo do SISU. #universidade #Bolsa Universidade