O ex-senador tocantinense Manoel Alencar Neto é acusado formalmente de ter abusado sexualmente de duas meninas, uma delas de apenas seis anos e a mais velha de oito anos.

Nezinho Alencar como é conhecido, continua preso na CPPP (Casa de Prisão Provisória de Palmas), de acordo com a Secretaria Estadual de Defesa Social, visando a segurança do acusado ele está encarcerado em uma cela sozinho, separado dos demais detentos, pois devido a crueldade das acusações, possivelmente ele seria atacado pelos demais presos.

Ele foi preso no último sábado na cidade de Guaraí, que fica a 188 km de Palmas, a prisão foi deflagrada em uma operação intitulada ‘Operação Confiar’, sob o comando da Polícia Federal.

Publicidade
Publicidade

De acordo com as informações do Portal do Tocantins, as crianças abusadas são filhas de funcionários do ex-senador, e que os pais trabalham em uma fazenda de Nezinho.

Após desconfiar que Nezinho havia desconfiar que Nezinho Alencar teria abusado sexualmente da filha há três meses atrás, um dos funcionários do ex-senador gravou um vídeo para provar a ação libidinosa e denunciou Nezinho Alencar à Polícia Federal.

Conforme o Portal do Tocantins, noticiou no último domingo, a esposa do político também foi encarcerada, pois ao saber que os pais da menina iriam formalizar uma denúncia, ela buscou maneiras para subornar a família das meninas abusadas.

Por se tratar de um #Crime evolvendo crianças, as investigações correm em segredo de justiça.

Com imagens cedidas por parentes das vítimas em que mostram o momento em que as crianças estão sentadas no colo do suspeito, que tem 67 anos.

Publicidade

Ele coloca a mão nas partes íntimas de uma das meninas.

Lembrando que Nezinho Alencar fez parte do primeiro mandado da Assembleia Legislativa do Tocantins, ocupando o cargo de Deputado Estadual, posteriormente entre os anos de 2005 e 2011, ele foi suplente do senador João Ribeiro, onde chegou a assumir e ser senador da República por um período de quatro meses.

A revolta da população é grande em todo o estado do Tocantins, onde a população sempre afirma, Nezinho Alencar não me representa.

E você o que acha da atitude do ex-senador? – Deixe seus comentários e compartilhe para ampliar ainda mais a abrangência do caso.

  #Investigação Criminal #Palmas (TO)