Uma das maiores catástrofes ambientais ocorridas no Brasil em 2015, sem dúvidas, aconteceu na região da Chapada Diamantina, no estado da Bahia, onde uma queimada de grande proporção devastou mais de 50 mil hectares de mata.

O #Incêndio começou no mês de outubro e só foi controlado em dezembro (dois meses depois), no dia 29, quando o Governo do Estado, por meio do governador Rui Costa (PT), anunciou oficialmente o controle do fogo no local. 

Segundo os dados apresentados pela assessoria de comunicação do Governo da Bahia, foram, ao todo, 64 dias de queimadas na Chapada Diamantina. Apesar de controlado, o incêndio deixou um estrago devastador na região.

Publicidade
Publicidade

Para se ter uma maior noção da catástrofe, de acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, toda a área afetada pelo fogo corresponde a aproximadamente 340 parques Ibirapuera (na capital paulista). O controle do incêndio só foi possível após a intervenção das Forças Armadas, que foi solicitada para ajudar aos agentes dos governos estadual e federal, que estavam em número insuficiente para combater o fogo.

Moradores da região (cerca de 250, segundo o Instituto Chico Mendes) também ajudaram, de forma voluntária, a controlar as chamas que se espalhavam na região. #Natureza #Crime