O serviço de mensagem de texto no #Celular virou uma importante arma dos bancos contra as fraudes nos pagamentos com cartões de crédito, o que já era um crime constante, e em bastante crescimento no Brasil, sobretudo, nos últimos anos. A informação foi publicada no jornal Folha de São Paulo nesta segunda-feira, dia 04 de janeiro.

Segundo a Folha, o Brasil figura na lista dos países onde mais se investiu no uso do cartão de crédito ou débito com chip, tecnologia considerada pelos especialistas do setor como a mais moderna no combate a clonagem de cartões em transações eletrônicas. Ainda segundo o jornal, em 2015, o serviço de SMS foi a principal surpresa na “batalha” contra este tipo de #Crime no país.

Publicidade
Publicidade

De acordo com os bancos que utilizam o serviço, houve uma diminuição de aproximadamente 90% nos casos de fraudes em cartões, após o envio das mensagens de confirmação de transações para os celulares dos clientes ser ampliado no ano passado. Segundo o bancário Alan Rodrigues, 29 anos, a popularidade dos celulares no Brasil contribui de forma significativa para o sucesso do serviço.

“As pessoas querem ter o controle de todas as suas operações bancárias e é muito cômodo receber as informações pelo celular. Com a popularização dos celulares e smartphones no Brasil, o serviço de envio de SMS através dos bancos ficou super viável. Assim que recebe a mensagem de uma transação que não realizou, o cliente liga para o banco e bloqueamos imediatamente o cartão, além de cancelarmos a transação. Está funcionando muito bem isso”, comemora Alan.

Publicidade

Tecnologia no combate ao crime

Um ponto positivo do avanço tecnológico é quando este contribui no combate a qualquer tipo de crime e facilita a vida e a segurança das pessoas. Foi pensando assim que Maria do Rosário Pereira, 47 anos, comerciante, solicitou o serviço de SMS do seu banco para toda e qualquer transação bancária que for realizada pelo seu cartão.

“No início rejeitei a solicitação do banco para aderir ao serviço, pois achei que seria uma coisa chata ficar recebendo toda hora mensagens em meu celular de tudo o que eu fizesse com o meu cartão. Mas, com o tempo, percebi que essa era uma ótima forma de controlar meus gastos e me proteger de uma possível clonagem do meu cartão. Até agora nada aconteceu, graças a Deus, mas, se acontecer, ligo na hora para o banco resolver isso, me sinto mais segura assim”, afirma Maria.

Transtorno com a clonagem do cartão

Diferente da comerciante acima, o engenheiro ambiental Afonso Paz, 37 anos, teve seu cartão clonado e, como não utilizava o serviço de SMS de seu banco, passou por um transtorno enorme até resolver a situação.

Publicidade

“Eu não utilizava o serviço de mensagens no celular e só percebi que clonaram meu cartão quando a tarifa de pagamento chegou em minha casa. Tomei um susto enorme quando abri a fatura, pois uma quantia de 1500 reais havia sido usada pelo meu cartão sem eu saber. Corri para o banco para resolver isso, mas fui informado de que a transação não poderia mais ser cancelada porque já havia passado o prazo para o cancelamento e a mesma já estava tarifada. Foi terrível”, recorda Afonso.

“Procurei o PROCON e denunciei a fraude na polícia. O banco conseguiu identificar que o cartão havia sido clonado e eu me livrei do pagamento, mas foi um transtorno terrível. Perdi horas de sono, me prejudiquei no trabalho, só andava estressado, brigando com mulher, com pai, mãe, amigos, todo mundo. Não tinha cabeça pra nada, a não ser para resolver a situação”, conta.

“Depois de resolvido, imediatamente aderi ao serviço de SMS do banco. Agora toda transação do meu cartão recebo em meu celular. Recomendo o serviço para todos. Hoje em dia, não se pode vacilar com mais nada”, conclui o engenheiro. #Inovação