O Brasil já registra 404 casos confirmados de recém-nascidos com microcefalia, 17 deles com exames positivos para o #Zika Vírus, segundo boletim atualizado do Ministério da Saúde.

Além dos casos confirmados, o Ministério da Saúde conta com outros 3.670 casos em investigação de recém-nascidos com má-formação cerebral. Entre casos suspeitos e confirmados, já somam um aumento de 9.5% ao último boletim, onde informava 3.448 casos suspeitos e 270 confirmados. Entretanto, o número de casos descartados, passou de 462 para 709, os números são referentes a exames quais não apontaram alteração cerebral ou então o quadro de microcefalia, não tenha sido causado por infecção congênita, assim descartando relação com casos proferidos pelo zika vírus, indicado como o maior causador da microcefalia.

Publicidade
Publicidade

O número de mortes também tem aumentado, ao todo o país já registra 15 casos confirmados de recém-nascidos que não resistiram após o parto ou então durante a gestação. Segundo o Ministério da Saúde, os recém-nascidos foram diagnósticos com microcefalia e outras má formações, sendo que cinco deles tiveram o diagnóstico positivo para o zika vírus. Outras 56 mortes ainda são investigadas, e cinco foram descartadas.

O Nordeste é o estado com o maior número de casos notificados de microcefalia, contando com 80% dos casos, conforme apresentado pelo Ministério da Saúda.

Há casos sendo investigados em 25 estados do Brasil, onde apenas os estados do Amapá e Amazonas não apresentam registros.

O Estado mais afetado é o de Pernambuco, que conta com 1.159 casos suspeitos de microcefalia, e 153 já confirmados, em segundo está à Bahia com 508 casos suspeitos e 99 confirmados.

Publicidade

Nesta segunda-feira (01), a OMS (#Organização Mundial de Saúde) declarou estado de emergência mundial em saúde pública, devido à suspeita da ligação do zika vírus com os últimos casos confirmados de microcefalia e doenças neurológicas, como a síndrome de Guillain-Barré.

Identificado em maio do ano de 2015, o zika vírus já tem circulação confirmada em 21 Estados, além do Distrito Federal.