Uma idosa de sessenta e cinco anos tinha todos os motivos do mundo para reclamar da vida, culpar Deus por seus problemas e perder a vontade de viver, mas escolheu a vida. Escolheu usar a sua fé e superou seus limites ao sair do #Hospital pela primeira vez para ir ao #Cinema ver ‘Os Dez Mandamentos’.

Faziam quase três meses que a novela favorita de Suely Simões estava no ar pela TV Record quando foi diagnosticada com câncer de pulmão. A partir daí, a vida dela e de sua filha Sarah mudou completamente. As duas, que moravam no litoral do Espirito Santo, precisaram se mudar para a capital para começar o tratamento.

Quase três meses após o diagnóstico, Suely começou as sessões de quimioterapia e assim prosseguiu pelos meses seguintes, até que na semana passada sua médica lhe liberou para passear fora do hospital depois de diversas e dolorosas sessões de quimio.

Publicidade
Publicidade

Mãe e filha moram ao lado de um shopping e as duas caminharam cerca de quinze a vinte minutos para conferir o sucesso nacional ‘Os dez Mandamentos’. Antes mesmo de assistir Suely já estava feliz por sua aventura, afinal, o horário da quimio às vezes coincidia com o horário da novela e agora, além de poder começar a se recuperar e sair do hospital, pôde assistir ao filme.

A idosa contou ao portal R7 que se emocionou com o filme e que todos aplaudiram quando a grande produção chegou ao final. Mãe e filha também não contiveram as lágrimas, mas Suely deixou claro que cada lágrima que rolou de sua face não era de tristeza, mas sim de alegria por estar ali naquele momento.

A paciente guerreira ainda não tem previsão de alta, mas segue em frente com mais fé e vida do que muita gente saudável por ai.

Publicidade

Outras pessoas em condições semelhantes à de Suely estão tendo a oportunidade de ir ao cinema pela primeira vez para conhecer ‘Os Dez Mandamentos’ que além de ser uma produção repleta de efeitos especiais, não perdendo em nada para filmes internacionais, também conta uma história de superação e fé que aconteceu de verdade há milhares de anos.

Com doação de anônimos e com um trabalho inovador da Igreja Universal, pessoas pobres que nunca tiveram a chance de entrar em um shopping ou cinema estão ganhando essa oportunidade de conhecer um pouco sobre Deus através de um filme.

Apesar da temática bíblica, o filme não é voltado para uma religião ou um público, mas é livre para todos que querem uma mensagem de otimismo ao final do filme. Sua estreia foi comentada internacionalmente e conseguiu superar a bilheteria de Star Wars e Tropa de Elite. Há quase três semanas em cartaz, o filme é um dos mais assistidos do país e há outros países querendo dublá-lo ou legendá-lo para exibir no exterior.

E você, já assistiu ou quer assistir ‘Os Dez Mandamentos’? Compartilhe a sua opinião sobre o filme deixando o seu comentário. #Comportamento