O pugilista e ex-deputado federal Acelino Freitas, o Popó, estava com sua esposa curtindo de camarote o carnaval na Bahia, quando ao sair do local para ir embora foi abordado por um ladrão, segundo o lutador esse evento se deu na sexta-feira à noite.

Ao identificar o suspeito Popó literalmente 'correu atrás' do seu prejuízo: conseguiu capturar o rapaz e o conduziu até a presença de policiais que estavam próximos ao local do #Crime. O resultado foi a prisão em flagrante do meliante.

Com o post intitulado "Campeão tem último fôlego", escreveu em sua conta no Twitter que só queria recuperar sua corrente de ouro.

De fato Popó não teve prejuízo nessa tentativa frustrada de assalto, o mesmo não se pode dizer com relação ao ladrão azarado: Popó identificou o meliante, perseguiu, capturou e embora em seu post na rede social tenha afirmado que "não foi preciso fazer uso da violência" o rosto do indivíduo parece não concordar.

Publicidade
Publicidade

Popó

Em seu desabafo nas redes sociais o campeão desabafou: "achou que ia passar barroto! Se f****, tentou assaltar a pessoa errada! Campeão sempre tem um último fôlego (...) a única coisa que eu queria era minha corrente de volta (...) não foi preciso eu agredir ninguém."

Acelino Freitas é tetracampeão mundial de Boxe por organizações diferentes. Em Agosto de 2015 ele voltou a ativa, aos 40 anos de idade, Popó não subia nos ringues desde 2012.

Em sua primeira luta nessa nova etapa de sua vida, Acelino nocauteou o argentino Mateo Veron em um evento disputado na cidade paulista de Santos dentro de um cassino.

Após a declaração do lutador em sua rede social vários fãs postaram comentando o assunto.

"Não sei se você está de parabéns ou se merece um puxão de orelhas! Que bom que tudo terminou bem"

"Não precisou de violência? E o olho desse indivíduo? kkkkk"

"Você sai do gueto, mas o gueto nunca sai de você!"

E você prezado leitor, o que acha da atitude do nosso pugilista super-campeão? Ele agiu corretamente ou mesmo sendo quem é, faltou prudência em sua conduta? Comente aí! #Carnaval