Infelizmente mais um turista perdeu a vida em um ato violento no Brasil. Um país com tamanho potencial turístico e com uma segurança pública precária, deixa escancarado para todo o mundo o quão é perigoso visitar o Brasil, e o quanto é arriscado acompanhar as Olimpíadas no Rio de Janeiro. De acordo com o portal de notícias do jornal O Globo, uma turista argentina foi assassinada na praia de Copacabana no Rio de Janeiro, na madrugada desta quarta-feira (17).

Saibam mais sobre o crime em Copacabana

Por volta das 2h30 da madrugada de quarta-feria (17), uma turista argentina que estava acompanhada de mais duas amigas nas areias da praia de Copacabana foi morta a facadas durante uma tentativa de assalto.

Publicidade
Publicidade

A mulher argentina foi identificada como, Laura Pamêla Bianca, de 24 anos, ela foi esfaqueada em frente ao número 1.866, na avenida Atlântica em Copacabana no Rio de Janeiro.

Abordagem dos criminosos

As três amigas estavam sentadas nas areias da praia de Copacabana, quando dois homens se aproximaram e pediram cigarros. As Mulheres se assustaram e saíram correndo, contudo os assaltantes conseguiram cercar as jovens. De acordo com as jovens que estavam com Laura, um dos assaltantes esfaqueou o peito de Laura no calçadão da praia de Copacabana.

Socorro

O corpo de bombeiros foi acionado, uma equipe esteve no local para prestar os primeiros socorros e encaminharam Laura para o Hospital Miguel Couto da Gávea. Ela deu entrada  no setor de emergência do hospital as 2h30 da manhã, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Publicidade

Prisão dos suspeitos

As jovens pediram ajuda à Polícia Militar, que perseguiu os suspeitos e os prenderam em frente ao Posto 2, por PM's do 19º Batalhão que faziam o patrulhamento de rotina na região de Copacabana. A PM identificou os suspeitos como, Douglas Gonzaga, de 33 anos e Paulo Henrique Coelho, de 22 anos. Paulo foi identificado pelas jovens como o suspeito que desferiu as facadas em Laura, já Douglas teria roubado a bolsa da vítima. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista e está sendo investigado pela DH - Divisão de Homicídios.

Repercussão internacional

A morte de Laura repercutiu nos jornais argentinos, o jornal Clárin afirma que Laura estava de férias com o marido e a filha de 4 anos no Rio de Janeiro. Segundo o jornal a turista foi assassinada um um dos principais pontos turísticos do Brasil, onde os turistas são agredidos e roubados diariamente.

Outro turista foi esfaqueado durante assalto em Copacabana

No ultimo fim de semana um turista tcheco foi esfaqueado em Copacabana numa tentativa de assalto. Ele foi ferido no peito e no braço, o crime aconteceu no manhã do último sábado (13). De acordo com as informações dadas pelo 19º Batalhão de Polícia Militar de Copacabana, ele também foi encaminhado para o Hospital Miguel Couto, porém não se tem informações sobre o estado de saúde do turista. #Rio2016 #Investigação Criminal #Casos de polícia