Militantes petistas procuraram mostrar o seu apoio à #Lula nesse domingo. Mesmo com o conselho do governo federal e do partido para que os militantes não fossem para as ruas nesse domingo, deixando para manifestar dia 16 de março, além do governador de São Paulo autorizar a PM à deter militantes que tentassem protestar nos mesmos locais que a #Manifestação contra o governo, um pequeno grupo petista protestou.

Em São Bernardo do Campo, em São Paulo, cerca de 450 pessoas manifestaram seu apoio ao ex-presidente da República em frente ao apartamento de Lula. O grupo ficou pouco tempo no local, se dispersando no meio da tarde.

Publicidade
Publicidade

Alguns dos manifestantes apareceram em frente a propriedade de Lula por volta das 8h. Na tarde desse domingo, Lula desceu para cumprimentar os companheiros antes que eles se dispersassem. O petista tirou fotos com os militantes e pouco depois entrou novamente no prédio. Depois disso, pouco a pouco, as pessoas começaram se dispersar.

Datafolha x realidade

As autoridades policiais já avisaram com antecedência que esperavam mais de um milhão de pessoas na Avenida Paulista. Por volta das 17h, os organizadores do evento informaram que haviam aproximadamente 2,7 milhões de cidadãos protestando, já o Datafolha teve seu momento 'vergonha alheia' e disse que os participantes do evento não passaram de 400 mil.

Repórteres que faziam a transmissão dos protestos direto dos estúdios de emissoras de rádio e TV localizadas na Avenida Paulista, afirmaram não terem visto o local tão cheio nem em dia de réveillon, tanto que o trânsito local ficou parado e entre os manifestantes, mal dava para andar.

Publicidade

Na Rádio Jovem Pan foi informado que duas pessoas saíram dos estúdios para ir à uma quadra de distância da emissora e que só conseguiram voltar após uma hora, devido a dificuldade para caminhar na avenida.

Além da manifestação na capital, também houve protestos em dezenas de cidades da região metropolitana, bem como em todo o Brasil. Pelo Globo News foi informado no início da tarde que havia quase um milhão de pessoas protestando no Rio de Janeiro. #Protestos no Brasil