Duas mulheres que mantinham um relacionamento amoroso, foram presas depois que a polícia chegou a conclusão que elas tramaram o assassinato do marido de uma delas. Segundo o jornal Extra, o #Crime aconteceu na cidade de Brotas no interior da Bahia. 

Investigação

A Polícia Civil chegou até as amantes, depois de mais de um ano de investigação. De acordo com apurações feitas pelos os agentes da DHPP - Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Gilmara Sena das Mercês, de 43 anos, e a amante Rosilene dos Santos Neiva, de 42 anos, tramaram a morte do eletricista já aposentado, Edson da Silva, de 63 anos. Edson era marido de Gilmara e segundo as investigações sabia do relacionamento extraconjugal da esposa com Rosilene.

Publicidade
Publicidade

Ainda de acordo com as informações da Polícia Civil, Edson, passou a proibir o relacionamento das duas mulheres, depois que Rosilene, pegou um empréstimo de três mil reais com ele, e deixou de fazer o pagamento.

O Delegado responsável pelo caso, Reinaldo Mangueira, titular da 3ª Delegacia de Homicídios - DH/BTS, afirmou que desde então, Edson, começou a pressionar a companheira, para que terminasse seu relacionamento com a amante. Foi então que as duas mulheres começaram a tramar a morte do eletricista.

Crime premeditado

O plano de assassinar Edson, começou a ser executado em dezembro de 2014, quando ele foi atacado por um homem com uma barra de ferro, no Horto Florestal de Brotas. Porém nesta ocasião Edson, foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral - HGE, e em poucos dias estava restabelecido do ataque.

Publicidade

Não satisfeitas, as amantes, planejaram um novo ataque covarde ao marido de Rosilene, apenas oito dias depois de ter alta do hospital, Edson estava com sua filha em um carro, quando dois homens em uma moto, jogaram ácido contra os dois.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Geral - HGE, a filha de Edson passou por tratamento e teve alta, porém o eletricista ficou internado em estado grave por oito meses e faleceu no dia 8 de maio de 2015.

Prisão das amantes

As investigações apontaram a culpa das amantes pelo crime premeditado contra Edson da Silva. Gilmara foi presa no último dia 21 de março. Já Rosilene, se apresentou no Fórum Rui Barbosa, no dia 23 de março, com sua advogada, mas também foi detida. As amantes foram encaminhadas para o Presídio Feminino, no Complexo Penitenciário Mata Escura, onde aguardam o julgamento. #Investigação Criminal #Casos de polícia