Os planos de vida fácil de dois jovens meliantes acabou cedo. A tentativa de assaltarem uma loja de celulares no centro da cidade de Sobral - Ceará, nesta última sexta feira, 11, foi frustrada pela reação do proprietário, que de posse de uma arma de fogo, reagiu ao assalto e os surpreendeu, entrando em luta corporal e desferindo contra eles vários disparos.

A atitude de reagir, apesar de impensada, teve como desfecho, a morte de um dos meliantes no local da ação, onde seu corpo ficou estendido.

Bandido é quase linchado por populares

Seu comparsa, após luta corporal conseguiu se livrar, mas foi detido em sua fuga por populares e outros lojistas, que na rua, com a participação da população, começaram a agredi-lo de forma brutal e violenta numa tentativa de linchamento.

Publicidade
Publicidade

Após detido, uma pessoa (que não aparece no vídeo), de arma em punho, dispara "à queima roupa" em direção à cabeça do meliante, que por milagre também não foi morto.

O assalto frustrado

O fato se deu na Loja Fabio Cell, localizada à Rua Luzanir Coelho, no centro da cidade de Sobral, por volta do meio dia, horário de grande movimento no comércio local. Segundo populares, os meliantes no momento do #Crime se mostravam bastante agressivos, fazendo ameaças, chegando a apontar armas para a cabeça de algumas pessoas, ameaçando atirar.

Cidade de Sobral - CE

Sobral é uma cidade próspera do interior do Ceará, sendo o segundo município mais desenvolvido do estado, ficando atrás somente de Fortaleza (fonte IDH - Índice de Desenvolvimento Humano). É uma das cidades líderes em número de trabalhadores com carteira assinada no estado, mas também passa por problemas de aumento de violência e criminalidade.

Publicidade

Legítima defesa

Segundo informaram os policiais responsáveis pela ocorrência, os meliantes foram identificados como o menor Vanderson, morador do distrito de Jaibaras, que veio a falecer no local, atingido pelo disparo da arma do proprietário da loja; e o segundo, identificado como Maicon, residente do Bairro Don Jose II, na periferia de Sobral.

O dono da loja envolvido no incidente optou por preservar sua identidade, mas compareceu na Delegacia de Polícia para, espontaneamente, prestar depoimento declarando legítima defesa. #Casos de polícia