No domingo, 13, houve manifestações por todos os estados brasileiros contra o governo do #PT e a favor do Impeachment da presidente Dilma. No entanto, um dos assuntos mais comentados já na segunda-feira, 14, ficou por conta de uma foto onde mostra uma babá negra carregando duas crianças de uma família branca e supostamente rica. A imagem logo ficou no topo dos trends do twitter e demais redes sociais. Após esse ‘rebuliço’, a babá, de nome Angélica, deu entrevista a um importante veículo jornalístico afirmando que estava chateada.

Eu achei que não teve necessidade para tanto – disse a babá – pois expôs a minha pessoa, os meus patrões e os filhos deles, que são de menor”, contou ao Portal Extra, da Globo.

Publicidade
Publicidade

Angélica ainda defende que estava a trabalho e tinha que estar uniformizada porque recebe mensalmente para isso. Ela cita que muitas pessoas se atentaram ao detalhe de que ela não estava com a camisa do Brasil, mas os seus patrões sim. “Não sou eu que vou mudar essa questão, estava uniformizada com a roupa do meu trabalho, eu fiquei chateada com isso”, continuou.

“Hoje, eu acordo, vejo o jornal e está lá o meu rosto estampado”, desabafou a babá. Ela ainda contou que ficou decepcionada e frustrada porque as pessoas além de expor a imagem dela, também divulgaram o seu nome para todo o Brasil. Angélica disse que não havia necessidade para se fazer isso, porque, de acordo com a moça, ela estava ali apoiando a manifestação da mesma forma que outras milhares de pessoas estavam fazendo.

A babá fala sobre as manifestações

Quando perguntada sobre se a babá apoia a manifestação do Impeachment da presidente Dilma e os pedidos de ‘Fora PT’, ela contou que sim, apoia os protestos, mas, da forma que está, caso outro entre no lugar da atual presidente, tudo vai ficar do mesmo jeito.

Publicidade

“Eu queria que isso tudo acontecesse, mas, que realmente tivesse resultado. Mas infelizmente não vai mudar, ela saindo, quem entrar, vai continuar do mesmo jeito, vai continuar roubando”, declarou.

Os protestos contra Dilma, Lula e o governo do PT continuam nessa semana em pontos principais do país, (na avenida Paulista, e também em Brasília). Muitos manifestantes, inclusive, têm virado o dia nas ruas pedindo justiça e prisão aos políticos supostamente envolvidos em corrupção. #Dilma Rousseff #Protestos no Brasil