A Polícia Federal grampeou algumas conversas envolvendo o ex-presidente #Lula e o ex-ministro Paulo Vannucchi nessa terça-feira (15). Nela, além de fazer reclamações sobre o juiz Sérgio Moro, e falar mal da mídia porque a mesma supostamente não trata de casos de corrupção envolvendo os políticos da direita, o chefe petista fez afirmações sobre o feminismo que abalou o movimento nas redes sociais. Ele chamou as feministas de ‘grelo duro’.

“Faz um movimento da mulher – diz o ex-presidente Lula em conversa grampeada – contra esse filho da p*”, disse se referindo a uma pessoa de Rondônia que contribuiu com a Operação Lava Jato.

Publicidade
Publicidade

“[...] Ele batia na mulher, [...] Cadê as mulheres de grelo duro do nosso partido?”, perguntou. Isso gerou revolta nas redes sociais. Muitas mulheres diziam que esse palavreado é ‘chulo’ demais para um ex-presidente falar se direcionando as mulheres.

Lula disse que ia colocar Maria do Rosário para tratar do assunto de que essa pessoa batia na própria esposa e também ‘deixava ela se f*’. Vanucchi, do outro lado da linha, concordou com Lula: “É isso aí. Sua fala foi muito boa”, concordou.

Nas redes sociais, as mulheres se defenderam: “Quando você pensa que já viu de tudo, você acorda e ler ‘Grelo Duro’, na sua timeline. Gente, que país é esse?”, perguntou uma internauta.

O ex-presidente também fala mal de um procurador que supostamente não deu a notícia da intimação de Lula ao advogado, mas sim, alardeou o episódio primeiramente para a Globonews.

Publicidade

“[...] É um filho da p* mesmo.”, disse Lula.

Após esse grampo, a Polícia Federal também gravou outra conversa, dessa vez envolvendo o ex-presidente Lula e a atual presidente, Dilma Rousseff. No diálogo, Lula critica a mídia e os responsáveis pela investigação na Operação Lava Jato, porque, segundo ele, existe muita gente envolvida nisso que faz parte da Direita Política Brasileira, como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e outras dezenas de deputados e senadores que supostamente estão envolvidos, mas, a mídia e a PF ‘só buscam ele’. #Governo #PT