A mídia já está tratando a presidente da república Dilma Rousseff como louca. Está circulando na internet uma capa do jornal 'Hora do Povo' como se fosse dessa semana. Apesar de recente, a publicação foi realizada em setembro do ano passado, quando o processo de #Impeachment da aliada de Luiz Inácio #Lula da Silva também dominava o noticiário. O jornal compara a presidente com Maria I. A personagem histórica ficou conhecida como "Maria, a louca" e seu governo foi marcado por uma suposta doença mental em seus últimos dias de vida. Comparada à Maria I, Dilma teve suas condições psicológicas e capacidade intelectual questionada pelo jornal. 

O título principal da capa do jornal é o seguinte: "Louca inicia terceira onda de cortes e impostos para engordar bancos".

Publicidade
Publicidade

Além da manchete polêmica, uma foto com Dilma olhando "torto" para alguém fez parte da primeira página do 'Hora do Povo'. Além da manchete, uma chamada lembrava que Dona Maria I foi internada em Portugal tendo atitudes menos polêmicas do que as da presidente da república brasileira. O Portal Imprensa, especialista em cobertura jornalística, chegou a procurar o Palácio do Planalto na época da reportagem, mas a assessoria da presidente disse que não ia comentar o assunto. 

Não foi a única vez que o 'Hora do Povo' deu adjetivos polêmicos e opinativos para Dilma. Além de louca, ela já foi chamada por outras expressões que ninguém gostaria de receber, tais como: "traidora", "desalmada" e "turrona". O jornal informa através de sua página na internet que é publicado nas bancas todas as quartas e sextas-feiras.

Publicidade

Além de política, o jornal fala sobre outros assuntos, como cultura, esportes e educação. Como é uma publicação não diária, o conteúdo costuma ter bastante comentários de quem escreve. Parece que a redação do jornal não anda muito  contente, mesmo com o jornal circulando em diversos estados, como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. 

Lembrando que nas próximas duas semanas, a presidente precisará fazer sua defesa na Câmara dos deputados tentando barrar a continuidade do processo de impeachment.  #Dilma Rousseff