Na manhã desta sexta-feira, dia 4 de março, a Polícia Federal começou a 24ª fase da "Operação #Lava Jato" e foi logo para o prédio de #Lula e seu filho, Luiz Lula que é mais conhecido por todos como Lulinha.

A PF batizou esta fase da operação de "Aletheia" e vai apurar não só as empreiteiras como também José Carlos Bumlai, pois eles favoreceram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva utilizando o tríplex no Guarujá e também o sítio em Atibaia. Lula, como já era de se esperar, vem negando todas as acusações.

Lula está sendo encaminhado para prestar depoimento à Polícia Federal no aeroporto de Congonhas por se tratar de um local que oferece maior segurança.

Publicidade
Publicidade

Por enquanto, não será necessário que o ex-presidente vá até Curitiba.

A Polícia Federal saiu hoje bem cedo com um mandado de busca e apreensão e também de condução coercitiva, ou seja, Lula é obrigado a depor, mas os advogados de defesa já entraram, há alguns dias atrás, com um habeas corpus, justamente para evitar que esta medida fosse adotada, porém, só tem valor para São Paulo, não tendo nenhuma validade para Curitiba e é de lá que despacha o juiz federal Sérgio Moro.

Assim que a PF bateu à porta de Lula ele reagiu bem, com tranquilidade, se comportando serenamente diante da condução coercitiva.

Às 6 horas da manhã o comboio da Polícia Federal chegou à residência de Lula, em São Bernardo e foram direto à garagem do prédio. Mais de 10 agentes cercaram o local e também a portaria. Ao todo são 200 agentes da PF, além de 30 auditores da Receita, cumprindo 44 mandados judiciais.

Publicidade

Destes, mais de 30 são de busca e apreensão.

A investigação diz respeito a crimes de #Corrupção, lavagem de dinheiro, entre outras que estão ligadas à Petrobras. O juiz Sérgio Moro é quem determinou a busca e apreensão.

A PF também está em Moema, na casa de Lulinha e há uma intensa movimentação no interior da residência. Agentes também estão no Instituto Lula e até na Odebrecht e há mandados para Guarujá e Atibaia, locais onde encontram-se o tríplex de Lula e também o sítio.