O deputado federal Marco Feliciano esteve nesta segunda-feira, 28, no 'Superpop', programa apresentado por Luciana Gimenez na RedeTV!. Mais uma vez em declarações polêmicas, ele voltou a atacar Thammy Miranda, considerado seu rival e que deve vir nesse ano como candidato a vereador em São Paulo. Os dois já protagonizaram alguns episódios de desentendimento. Ao falar que entendia as mudanças de Thammy justificando o fato da mãe dela, a cantora Gretchen, ter passado anos rebolando, o deputado foi criticado nas redes sociais. Na tarde desta terça-feira, 29, a assessoria de Gretchen e de Thammy anunciou que irá processar o parlamentar por conta dos comentários. 

De acordo com Feliciano, Thammy não deveria ter feito as mudanças, dizendo que ninguém pode pegar uma alegria própria e transformar isso como uma espécie de doutrina para outras pessoas.

Publicidade
Publicidade

Mesmo fazendo isso usando o nome de Deus, o deputado criticou quem faz o mesmo "por cunho próprio". Ele citava a mastectomia realizada por Miranda, um procedimento realizado pela apresentadora para retirar os seios. O deputado argumentou que o Brasil passa por uma profunda crise na saúde da mulher e quem faz a mastectomia é porque tem um câncer. Marco Feliciano acusou Thammy de fazer uma apologia ao procedimento cirúrgico. 

Luciana Gimenez, que entrevistava o deputado, tentou entender o argumento dele. Nesse momento, ele deu a declaração mais forte da noite, dizendo que só filho de rico tem crise existencial. Em seguida, ele justificou entender o sofrimento de  Thammy porque Gretchen "ganhou a vida rebolando" e "se casou 17 vezes". "Gente, como deixam um homem falar tantas besteiras virar deputado", criticou um internauta que acompanhou as declarações. 

Em seguida, Feliciano assistiu na RedeTV! um vídeo gravado por Gretchen, alfinetando ele que diz ter Deus no coração.

Publicidade

Para a cantora, isso não é amor. "Você não é Deus, Feliciano", atacou ela. Por meio de nota, a assessoria de Gretchen e sua filha confirmaram que entrarão com um processo contra o deputado e que seus advogados já estavam cientes de todos os procedimentos que viriam a seguir. Até o momento, a assessoria de Marco Feliciano não se pronunciou sobre suas acusações consideradas preconceituosas. #Crime #É Manchete! #Investigação Criminal